Publicidade

Já dizia o historiador, poeta, diplomata e músico italiano Maquiavel ( 03/05/1469 – 21/06/1527): “Dê o poder a um homem e descobrirá quem realmente ele é”. Essa frase que marca o caráter de um homem também foi lembrada pelo ex-presidente do Estados Unidos Abraham Lincoln (12/02/1809 – 15/04/1865) que disse: “ Quase todos os homens são capazes de suportar adversidades, mas se quiser por à prova o caráter de um homem, dê-lhe poder”.

Pois é! Aqui em Biguaçu, Ramon Wollinger, depois que virou prefeito da cidade, ignora totalmente o acesso as informações. Ele simplesmente não responde questionamentos feitos por vereadores da oposição e da imprensa. Atitude muito diferente de quando ele exercia o cargo de legislador e vice-prefeito da cidade.

Só foi lhe dar o poder que o homem empinou o nariz e cuspiu no sagrado direito constitucional da transparência. Isso é muito lamentável. O que tem de gente que trabalhou para ele nas eleições municipais e se arrependeu não está no gibi.

 

SOLICITAÇÕES NÃO RESPONDIDAS

Simples perguntas que deveriam ser respondidas sem a necessidade de se fazer um requerimento não são, demonstrando um ar ditatorial e de arrogância de quem não dá o retorno.

Só para se ter ideia, alguns vereadores do município tiveram de protocolar solicitações de informações sobre o projeto de macrodrenagem do Rio Carolina. Perguntas simples sobre custo e cópia do projeto assim como a empresa que fará não são respondidas.

Informações sobre custos de pavimentações, empresas que executam obras na cidade também são ignoradas pelo prefeito Ramon, que fez da prefeitura municipal um túmulo de informação.

Além do que o prefeito deixa seus subordinados na mira de futuros questionamentos jurídicos a partir da hora que ele os proíbe de responder os protocolos.

É do dever do servidor público responder, pois eles são pagos com salários do contribuinte e informação tem de ser dada. Será que todos eles pensam que estão cima da lei?

 

LIMINAR

Vereadores também querem saber sobre uma liminar que supostamente a entidade de saúde teria para justificar repasses da PMB para a ISEV se esta tem negativas em dia. Querem saber se a prefeitura efetuou o pagamento sem que a ISEV sem que a entidade estivesse em dia com os impostos. Nada de resposta do prefeito Ramon.

 

PUBLICIDADE

 

Magali Prazeres. (Foto Arquivo JBFoco)

 

 

Salmir da Silva. (Foto JBFoco)

 

 

Maneca Andrade. (Foto JBFoco)

 

 

Nino (João Domingos Zimmermann). (Foto JBFoco)

 

E para manter sua irmã Karoline Wollinger, sob o manto protetor da prefeitura, o prefeito Ramon não responde outro questionamento feito pelos vereadores Nino, Magali, Maneca e Salmir (todos do PMDB) a respeito de gastos excessivos em publicidade.

Por que não dizem onde foram gastos R$ 750 mil em anúncios? O dinheiro não é deles. Por que omitir essa informação dos vereadores que representam o povo? Karoline assinou essa gastança desenfreada e fica caladinha sem das as devidas e obrigatórias respostas.

 

CARTA FORA DO BARALHO

Ramon era uma carta fora do baralho para a sucessão do ex-prefeito de Biguaçu José Castelo Deschamps que se reelegeu em 2011.  Antes da renúncia de Castelo em dezembro de 2014 Ramon não somava requisitos políticos nem para tentar uma cadeira na câmara municipal. Mas aí, por causa das traições e por motivos de saúde, Castelo saiu do comando da cidade e a prefeitura caiu no colo do seu vice Ramon.

Com a caneta na mão e com um bocado de cargos a disposição, Ramon costurou apoios para a eleição de outubro de 2016. Elegeu-se com 82 votos de diferença numa eleição marcada com a grande diferença pró Ramon do fator econômico e por causa das grandes obras deixadas pelo seu antecessor. O que se via e ouvia eram os eleitores votando em Ramon por causa do Castelo e de seu vice Vilson Alves.

COSPE NO PRATO QUE COME

Lá dentro Ramon mudou de postura. O que tem de aliado reclamando de compromissos não cumpridos é incrível. O seu vice, que é o candidato natural para sucedê-lo, já viu que essa hipótese é remota. O seu criador, o ex-prefeito Castelo, vai ter gastar muita lábia para fazer com que os partidos aliados se unam em torno de Vilson Alves em 2020. Tudo leva a crer que alguns vão cuspir no prato em que comeram.

ATÉ MESMO COM O JBFOCO

Ramon foi um dos dois vereadores mais novos eleitos em Biguaçu. Sua primeira reportagem em jornal impresso foi feito pelo Jornal Biguaçu em Foco. O então garoto sempre aparecia nas páginas do jornal na época em que sua sede era na praça de Biguaçu. Poucos anos atrás o JBFoco presenteou-o com um bocado de fotos (antes não tinha fotos digitais) relembrando as reportagens que o jornal fazia de seu trabalho como vereador da cidade. Nunca foi cobrado um tostão por tudo que o jornal fez de divulgação do então vereador Ramon frente ao legislativo municipal.

O atual prefeito sempre tinha as portas abertas no principal meio de comunicação da cidade e sabia bem utilizá-la por causa do profissionalismo da equipe do JBFoco e a simpatia que seus donos tinham com um jovem que prometia crescer na política municipal.

PODER

Mas como já diziam Maquiavel e Abraham Lincoln, dê o poder ao homem e descobrirão quem realmente ele é.

Depois que Ramon virou prefeito, o JBFoco virou vilão. O tratamento com o jornal não era mais aqueles quando o então garoto queria aparecer. Receber a redação do jornal era quase impossível enquanto os grandes meios de comunicação do estado tinham todas as portas abertas.

Com o poder Ramon esqueceu todas as reportagens, principalmente de capa, que enalteciam os governos de que ele fez parte e também foi agraciado.

O JBFoco prestou serviços sim, mas isso é uma coisa normal. Qual é a Prefeitura que não contrata serviços de comunicação? No entanto, isso não paradigma de leniência e muito menos de subordinação.

A linha editorial de um jornal sério é irrefutável e a maior herança que um meio de comunicação pode ter. Por causa disso, mantemos nossa legião de assinantes e patrocinadores e circulamos faz 25 anos na comarca sendo que 15 deles de forma diária.

O JBFoco está acostumado com traição e de gente de caráter que quando tem o poder sobe a cabeça. Vamos à luta!

 

AVISO

Receba gratuitamente notícias da comarca de Biguaçu em seu whatsapp. Clique no link abaixo, adicione nosso número (4898484-7539) e dê um OK.

bit.ly/WhatsJBFoco

Publicidade