Publicidade

Décio Baixo Alves

E-mail: decio@jbfoco.com.br

 

BENS

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) entrou com uma ação contra o instituto Datafolha com o objetivo de impedi-lo de fazer uma pesquisa sobre o crescimento patrimonial da família do futuro candidato a presidente e dele próprio.

Bolsonaro não queria que o Datafolha pesquisasse esse fato e ajuizou uma ação judicial contra o instituto. No final, o Datafolha ganhou e a pesquisa foi feita.

Jair e sua família enriqueceram nos anos em que ele foi político. Beleza! Mas o que chama a atenção é essa mania de político de não querer expor os seus crescimentos patrimoniais.

A imprensa americana, por exemplo, deslancha tudo que um político tem em época eleitoral. Aqui nesse país de cabeça de político pequeno, esse direito da imprensa é afrontada por ações judiciais.

Ainda bem que a justiça sempre é feita e o que o político e sua família enriquecem é divulgado sim, principalmente daqueles que não existem explicação. Muitas vezes a conta não fecha.

 

COMPETÊNCIA PRIVADA

 

Ramon Wollinger: Banho de administração da vida privada. (Foto Arquivo JBFoco)

O prefeito de Biguaçu, Ramon Wollinger (PSD), deveria usar sua competência na área privada para a área pública. Em particular o homem teve o patrimônio crescido em mais de 3.000% enquanto na administração da coisa pública, o figura é um desastre total. Ainda bem que no lado dele tem o vice Vilson Alves que segura as pontas.

A saúde na cidade é um caos total. Obras paradas e nenhum planejamento.

O que ele sabe mesmo é torrar dinheiro em publicidade para vender uma imagem de um bom gestor, que na prática está longe de ser.

Vive numa redoma de vidro onde uma cambada de cargo comissionado vive endeusando-o como se ele fosse o “cara” na administração pública.

No que o Ramon é bom mesmo é crescer seu patrimônio na vida privada e isso numa época de grande crise pela qual passa o país. Aí sim ele dá um banho.

 

ATÉ QUE ENFIM

 

Karoline Wollinger: depois da pressão ela abre a gaveta das informações. (Foto Arquivo JBFoco)

 

 

A secretária de governo do prefeito Ramon, sua irmã, Karoline Wollinger, que torrou 750 mil em publicidade, está de parabéns. Depois de muita pressão desse jornal e do vereador Salmir, ela enfim apresentou os gastos desse dinheiro. Ela enviou para a câmara municipal o que estava escondido no mural da transparência: onde, quanto e como foram gastos os 750 mil reais em mídia. Tem coisa incrível lá nessas informações que ficaram tanto tempo guardada a sete chaves. Agora falta o governo responder outros questionamentos para não o ter que fazer perante a justiça.

 

DUPLEX OU TRIPLEX?

O povo de Biguaçu se vira nos trinta. Sem atendimento de saúde adequado (falta tudo e um bocado de fila), sem creche, sem educação de qualidade, estradas detonadas e cultura a ver navios.

Mas mesmo assim ele mantém o seu senso cômico atiçado. Na ocasião da distribuição das fatias de bolo no aniversário de 185 anos de Biguaçu a pergunta que mais se via era saber quantas camadas tinha o bolo, se ele era DUPLEX ou TRIPLEX.

 

TOMOU DORIL?

A prefeitura pagou a banda titãs, estrutura e os caras das barracas pagaram a premiação da gincana e o terreno da festa. O que foi feito com o dinheiro dos patrocinadores? Koerich, Energiluz, Abaco, Atacado Brasil, Costa sul, etc. Com certeza, no fechamento das contas, o secretário de organização e lazer da PMB trará todas as informações como pede a lei. A câmara de vereadores e a sociedade aguardam toda a transparência do evento.

 

PARALIZAÇÃO

 


Caminhoneiros devem paralisar hoje (segunda, 21/05). (Foto Divulgação)

 

Os caminhoneiros prometem uma super paralização hoje. Esses profissionais, que levam o país na costas, não aguantam mais tanta corrupção e enriquecimento de políticos. A propina escrachada e os desmandos do maus políticos estão enojando a sociedade. Sou a favor dos caminhoneiros. O Brasil e muitos municípios merecem respeito. Sai pra lá cambada de corruptos!

 

MAMATA

Casamento real: inversão de valores. (Foto Google)

No último sábado (19/05) só davam eles: o casamento do príncipe inglês com a plebéia americana. Sinceramente nos tempos de hoje, eu não entendo como ainda existe essa baboseira de monarquia. Sangue real, etc e etc. Essa idiotice toda.

Essa família real inglesa só vive na mamata. Ninguém trabalha lá e a sociedade inglesa dá uma mesada mensal de um milhão de libras, o que equivale a mais de 6 milhões de reais por mês.

Eles recebem essa quantia para viverem e manterem toda aquela pompa. E ainda tem um bocado de babaca batendo palmas e apostando no tipo de roupa que o príncipe iria usar na ocasião da cerimônia.

Imaginem usar toda essa fortuna para tirar a fome de muito africano? Imaginem esse dinheiro sendo usado para dar educação aos necessitados?

Essa hipocrisia e inversão de valores mostram como a sociedade ainda está longe da ideal porque patrocinar a vida daqueles malandros da coroa real britânica é um desserviço ao planeta.

 

AVISO

Receba gratuitamente notícias da comarca de Biguaçu em seu whatsapp. Clique no link abaixo, adicione nosso número (4898484-7539) e dê um OK.

bit.ly/WhatsJBFoco

Publicidade