De acordo com a lei 3863. de 31 de maio de 2018. os funcionários da Prefeitura Municipal de Biguaçu receberam um aumento de 2,07%. Nada mais foi que um acréscimo relacionado a inflação.

Mas o que chama a atenção mesmo foi o aumento dado aos procuradores efetivos da prefeitura. Eles receberam 100% de acréscimo salarial de acordo com a lei 148 de 4 de junho de 2018.

Quer dizer, o prefeito Ramon dá apenas 2,07% de aumento salarial à grande massa dos funcionários enquanto os procuradores recebem um aumento estratosférico. Por que dois pesos e duas medidas?

NADA FAZEM

Muitos funcionários estão indignados com a inércia do sindicato que até hoje (segunda, 11/06) não fez efetivamente nada em relação a esse assunto. A pergunta que não se cala é qual o critério usado para aumentar salário?

Por que os procuradores efetivos da prefeitura, hoje são 5 em exercício, tem um aumento em dobro enquanto os outros funcionários recebem um mísero acréscimo salarial de apenas 2,07%?

OUTRO LADO

Jorge Eduardo da Silva, presidente do sindicato de Biguaçu: “O SINTRAMUBI sempre será contra a farra do dinheiro público”. (Foto Arquivo JBFoco)

Esse colunista ouviu o lado do presidente do sindicato dos servidores municipais, Jorge Silva que mostrou-se surpreso com a lei aprovada em tempo meteórico em benefício dos procuradores e no “escurinho” público.

Abaixo o que ele escreveu: “Bom dia Decio. Infelizmente as gestões de Biguaçu não perdem esse vício de clientelismo. O SINTRAMUBI sempre será contra a farra do dinheiro público. O que nos chama atenção é que estamos com uma paira de data base que há 5 anos se repete e pouco avança. Nós não pedimos criação de cargos. Outra coisa importante, quando chega projeto de lei do executivo na câmara municipal parece entrar em segredo de justiça. Quanto ao salário dos procurados antes me perguntado? Isso foi tentado em 2015 sem sucesso e agora aprovaram. Não era de nosso conhecimento?  Soube apenas na sexta-feira passada. Hoje mesmo estarei encaminhando ao setor jurídico”.

 

Décio Baixo Alves

E-mail decio@jbfoco.com.br

 

AVISO
Receba gratuitamente notícias da comarca de Biguaçu em seu whatsapp. Clique no link abaixo, adicione nosso número (4898484-7539) e dê um OK.
bit.ly/WhatsJBFoco