A Federação Catarinense de Municípios (FECAM) elaborou um documento com dez pautas prioritárias para Santa Catarina, consideradas estratégicas e essenciais para a gestão do próximo governador. O termo de compromisso aos candidatos ao Governo do Estado passa a ser entregue simbolicamente durante os eventos organizados pela Federação e, no mês de setembro, o ato formal deverá acontecer na presença de todos os candidatos durante Seminário de Desenvolvimento Turístico Municipal.

O documento apresenta os temas que mais impactam o dia a dia das administrações públicas e refletem diretamente na vida da população. “A FECAM tem pauta e a apresenta aos candidatos, fazendo a defesa da causa municipalista e a tarefa ética e de responsabilidade com a sociedade catarinense”, destaca o presidente Volnei Morastoni.

A elaboração das pautas envolveu a participação dos prefeitos e prefeitas, Associações de Municípios, colegiados estaduais nas diversas áreas e demais entidades do Sistema FECAM. Os pontos apresentados são: 1) Queda do Produto Interno Bruto (PIB) e retomada gradual do crescimento econômico; 2) Desequilíbrio no cumprimento das responsabilidades e encargos entre os entes da Federação; 3) Capacidade financeira de investimento limitada; 4) Descontrole dos gastos públicos; 5) Alta vulnerabilidade da população em relação ao saneamento básico; 6) Acréscimo no número de crimes ou violência registrado no estado; 7) Baixo desempenho escolar e falta de infraestrutura tecnológica nas unidades escolares; 8) Baixo nível de recursos físicos e humanos para o atendimento das demandas na saúde pública; 9) Aumento de famílias em situação de pobreza em Santa Catarina e 10) Minimização dos esforços e maximização de resultados de forma eficiente. Para cada item apresentam-se reivindicações pontuais com base em gráficos e dados de fontes oficiais.

O documento é a antecipação das reivindicações que serão cobradas pela FECAM de quem comandar o governo estadual nos próximos quatro anos. A Federação representa as administrações dos 295 municípios catarinenses e, a exemplo das ações que vem desenvolvendo com as prefeituras catarinenses, coloca-se a disposição para colaborar com a governança estadual na implementação de medidas que tornem a gestão de SC mais eficiente. “O momento desafiador vivido pelos municípios demanda atenção redobrada do poder público e cabe ao sistema municipalista pautar o governo estadual para avançar com a máxima urgência nessas necessidades”, destaca o presidente.

(Redação: Assessoria de Imprensa Fecam)

 

Morastoni. (Foto Divulgação)

AVISO
Receba gratuitamente notícias da comarca de Biguaçu em seu whatsapp. Clique no link abaixo, adicione nosso número (4898484-7539) e dê um OK.
bit.ly/WhatsJBFoco