Publicidade

Na próxima quarta-feira (22/08), no auditório da Univali Jardim Carandaí, em horário ainda não informado, ocorrerá o julgamento de Isac da Costa, 32, que assassinou sua companheira em 6 de agosto do ano passado no Bom Viver, Isac enfrentará o júri popular.

Isac, 32, matou a facadas Viviane Monteiro, então com 35, na frente na frente das duas filhas do casal, uma de 16 anos e outra de apenas 3 anos de idade. O crime aconteceu na casa da vítima, na rua Júlio Beckhauser, no bairro Bom Viver, Biguaçu.

Chama a atenção para um detalhe. Em sua página pessoal no facebook, Isac postou uma mensagem na noite de sábado (05/08/2017), véspera do assassinato. A mensagem foi: “Não fique ansioso com o amanhã, ore e entregue as suas causas nas mãos de Deus. Boa noite!!!”

Isso foi às 23h. Três horas antes, às 19h27 do mesmo sábado (05/08/2017), ele havia postado, na facebook de Viviane, a seguinte mensagem: “Eu amo alguém especial que faz aniversário em agosto”.

Dois dias antes, Isac postou um vídeo de música no facebook de Viviane com uma música cujo refrão era: “Fica comigo então/ Não me abandona não”.

Um dia antes, em 2 de agosto, Isac postou outro vídeo no face de Viviane e esta nem sequer deu uma “curtida”, o que indicava que a relação entre eles encontrava-se estremecida. O vídeo em questão era de uma música cujo refrão era: “Nosso Amor foi abençoado por Deus.”

Paradoxalmente Isac mataria o “amor abençoado por Deus” quatro dias depois.

 

Isac da Costa, Viviane Monteiro, Assassinato, prisão
Isac da Costa: réu confesso do assassinato a facadas de sua mulher Viviane Monteiro no último dia 6 de agosto de 2017, no Bom Viver. (Foto Divulgação-Polícia Civil)
Viviane Monteiro, morta por facadas
Isac matou Viviane na frente da filhinha de três anos de idade. (Foto Redes Sociais)

 

AVISO
Receba gratuitamente notícias da comarca de Biguaçu em seu whatsapp. Clique no link abaixo, adicione nosso número (4898484-7539) e dê um OK.
bit.ly/WhatsJBFoco

Publicidade