Publicidade

Florianópolis – Os candidatos ao Executivo estadual, Gelson Merisio (PSD) e Comte. Moisés (PSL), tiveram mais uma oportunidade de apresentar seus planos para Santa Catarina. Eles participaram do Diálogo com Candidatos, promovido pelo Conselho das Federações Empresariais de Santa Catarina (Cofem) e realizado na sede da Federação das Indústrias (Fiesc) entre o final da manhã e o começo da tarde desta sexta-feira (19/10).

Eles tiveram 20 minutos para a apresentação geral de seus projetos, depois responderam perguntas das lideranças empresariais, e completaram a exposição com mais cinco minutos cada para as considerações finais. O que se viu, tanto de um quanto de outro, foi o reforço do que vêm dizendo nas entrevistas, nos atos políticos e nos programas eleitorais de rádio e TV.

Sem nenhuma grande novidade quanto aos objetivos, a grande diferença é que enquanto Moisés admitiu que seu plano de governo apenas traça linhas gerais, Merisio apontou problemas e, ao mesmo tempo, as soluções possíveis. O ponto mais claro de convergência entre os oponentes foi a necessidade premente de enxugamento da máquina pública, e do uso desses recursos na melhoria dos serviços essenciais para a população.

Para além disso, ocorreram ataques por vezes nada sutis entre os candidatos, reforçando o mesmo que têm dito nos programas de TV. Enquanto Moisés insinuava que Merisio é a representação da velha política, Merisio provocava com a falta de experiência de Moisés para lidar com questões complexas de Estado.

Andréa Leonora

Editora Coluna Pelo Estado

AVISO

Receba gratuitamente notícias da comarca de Biguaçu em seu whatsapp. Clique no link abaixo, adicione nosso número (4898484-7539) e dê um OK.
bit.ly/WhatsJBFoco

Publicidade