Publicidade

A SESSÃO da câmara de vereadores de Biguaçu da última terça (30/10) foi um show à parte realizado pela vereadora Salete Cardoso.

Cada vez mais fica provado que Cardoso representa o que tem de mais velho na política de Biguaçu. Ela fala, não diz coisa com coisa, não responde o questionamento principal e levanta charadas que ninguém entende.

Se esconde por trás de incógnitas e foge da transparência demonstrando a maneira velha de fazer política. Para quem não sabe, Salete foi candidata a deputada estadual pelo PR na última eleição. Para isso ela recebeu MEIO milhão de reais do fundo partidário para fazer sua campanha.

Esse dinheiro é público. O que chama a atenção é um gasto de 133 mil reais que Salete teve com uma empresa de pesquisa.

Esse colunista já questionou a vereadora, até porque trata-se de dinheiro público, o que exatamente foi feito por essa empresa com esse pagamento. Trata-se de uma pergunta simples, direta e a salutar por que quem não deve não teme.

A coluna continua à disposição dos esclarecimentos da candidata derrotada Salete Cardoso.

 

SURPRESA

No meio jornalístico é comum se fazer perguntas principalmente quando se envolve gastos de dinheiro público. Até parece que esse colunista se tornou um criminoso em querer saber a transparência do MEIO MILHÃO DE REAIS que Salete recebeu do fundo partidário para se candidatar a deputada.

Causou muita estranheza o uso da tribuna da câmara de vereadores por parte da vereadora. Até pensei que ela usaria o espaço e microfone para responder o questionamento sobre os gastos de 133 mil reais com uma empresa de pesquisa. Isso seria o mínimo que ela deveria fazer pois tem salário pago pelo contribuinte e deve explicações sim sobre o uso de verba de campanha.

E para surpresa de todos, de forma desorientada, agressiva e usando de charadas e explicações sem sentido Salete não respondeu nada e não esclareceu coisa alguma. Ficou no ataque vago e sem nexo e surpreendeu a plateia em pedir a quebra do sigilo telefônico, bancário etc e tal dos “jornalistas” da cidade. Olha só! Que piada é essa? Salete está tomando algum remédio? Ela não responde sobre gasto de dinheiro público em sua campanha e tenta levantar falso testemunho contra quem a questiona? Isso é que é fazer a VELHA POLÍTICA.

 

VIAJOU NA MAIONESE

Não era show de stand up, mas Salete literalmente viajou na maionese. Quem é ela para pedir quebra de sigilo de alguém? Que inversão de conversa é essa? Esse colunista só fez um questionamento e não entende ainda o porquê dessa reação. É só responder vereadora.

Muito lamentável esse mimimi de Salete. Não precisa solicitar a quebra de sigilo algum sobre minha pessoa. Se você quiser eu digo tudo: para onde liguei, o uso de minha conta bancária, pra onde fui, com quem conversei, que horas usei o banheiro e o que comi nos últimos meses. Até mesmo respondo sobre minha opção sexual, mas, por favor, vereadora não precisa se desequilibrar e ficar tão nervosa, só pedimos a sua resposta. REPETINDO PELA ENÉSIMA VEZ: Em que foi gasto esses 133 mil reais com uma empresa de pesquisa? O que foi feito exatamente? Por favor não faça dessa pergunta um cavalo de batalha. É só responder querida.

 

AVISO        

Receba gratuitamente notícias da comarca de Biguaçu em seu whatsapp. Clique no link abaixo, adicione nosso número (4898484-7539) e dê um OK.

bit.ly/WhatsJBFoco

Publicidade