Publicidade

O famoso Césare Battisti, condenado à prisão perpétua sob acusação de terrorismo, foi preso na noite de ontem (sábado, 12/01, na cidade boliviana de Santa Cruz de la Sierra. A prisão foi realizada pela polícia boliviana após receber informações de agentes italianos que estavam investigando na Bolívia. Como não podem prender alguém num país estrangeiro, os agentes informaram as autoridades locais sobre o paradeiro do fugitivo.

Está sendo discutido se o foragido será enviado diretamente à Itália ou ao Brasil para, aí sim, ser despachado para a Europa.

O caso Battisti é uma grande polêmica. Segundo Carlos A. Lungarzo, um doutor em ciências sociais do Brasil e autor do livro “Os Cenários Ocultos do Caso Battisti” (2012), Battisti seria alvo de erros jurídicos e estaria pagando por crimes que não cometeu.

Ninguém aqui está defendendo Battisti. Aliás, leia o artigo em anexo para entender o cerne da questão. https://jbfoco.com.br/lamentavel-omissao-de-informacoes/

Battisti foi condenado em 1993 pela Justiça Italiano à prisão perpétua. Suas “broncas” são quatro assassinatos na década de 1970 quando Cesare era um militante de um grupo ultrarradical de ideologia marxista.

Cesare vivia na França quando o governo italiano solicitou a extradição. Então o condenado conseguiu chegar ao Brasil em 2004. Em março de 2007, acabou preso no Rio de janeiro, mas, dois anos depois, em 2009, conseguiu refúgio político pelo então ministro da Justiça, Tarso Genro. Em 31 de dezembro de 2010, último dia de seu segundo mandato, o então presidente Lula (PT) assinou decreto dando asilo permanente para Battisti, isto é, não seria extraditado.

Vale lembrar que o ato estremece as relações Brasil-Itália.

Mas com a eleição de Jair Bolsonaro (PSL), o presidente disse, entre as primeiras declarações como eleito em outubro passado, que mandaria extraditar imediatamente Cesare Battisti.

Tendo escutado isso na televisão (ou na internet), Battisti literalmente “deu no pinote”. Sumiu da área, mas não por muito tempo. Acabou preso na Bolívia.

 

A Lamentável Omissão de Informações

 

 

É muito FÁCIL receber notícias gratuitamente e concorrer a uma bicicleta!

JBFoco

#jbfocowhattsapp

  1. Envie uma mensagem no whattsapp para o número (48) 9-8484-7539 com a palavra OK!

  2. Além de receber notícias GRATUITAMENTE, você concorrerá a uma bicicleta.

Prêmio a ser sorteado: Bicicleta Aro 26 Beach 18V

Sorteio: Dia 05.03.2019 ( 05 de março de 2019)

Quem já recebe as reportagens pelo whattsapp está concorrendo automaticamente.

Publicidade