Prefeito Ramon Wollinger. Por que não pensa seriamente em renunciar ao cargo de prefeito? Além do mais, seu afastamento voluntário deixaria o vice Vilson trabalhar.

Sim, está mais que provado que você não sabe administrar a coisa pública com a mesma competência e brilhantismo que você tem em seus negócios particulares.

Sim, renuncie e vá cuidar de suas coisas particulares para as quais desejamos todo o sucesso do mundo. Você não administra aluguéis de um banco? Não possui uma lotérica? Aliás, por que não respondeu até agora minha pergunta se é ou não dono ou sócio de lotérica em Biguaçu? Faria a gentileza de responder?

Não conquistou vários bens ao longo dos últimos 19 anos?

 

3.000 % DE CRESCIMENTO PATRIMONIAL

Vamos falar abertamente. Você não tem o mesmo brilhantismo na administração pública como tem no gerenciamento de seus bens particulares.

Sim, você até deveria abrir uma consultoria para ensinar cidadãos a como criar e administrar negócios particulares. Afinal de contas, você teve um crescimento patrimonial na ordem mais ou menos de 3.000 %, principalmente nos últimos anos, durante a pior crise econômica do Brasil.

Para mim, isso é maravilhoso. Você é muito competente. Mas tal competência, quer queira, quer não, não se vê na administração pública.

Estou enganado?

 

NADA COM A HORA DE BIGUAÇU

É público e notório que você, Ramon, provou que não quer nada com a hora do Brasil (Biguaçu). Não tem a garra, a capacidade de mobilização e a agenda de contatos estratégicos de um Castelo.

Quando há feriado prolongado, certamente você deve estar indo a seu resort ao invés de trabalhar mesmo na hora de lazer para conceber projetos e buscar verbas para a cidade. Castelo fazia isso. A pergunta é: você também faz isso?

Você já percebeu que não tem uma ideia original e que não consegue o volume de obras que o ex-prefeito Castelo conseguia?

Sim, Castelo teve a proeza de conseguir a macrodrenagem, que custou R$ 35 milhões, mas sem qualquer ônus para a prefeitura de Biguaçu.

Responda com sinceridade: você já conseguiu uma obra dessa magnitude e, ainda por cima, sem qualquer ônus para a prefeitura de Biguaçu?

 

SOMBRA

O prefeito Ramon é uma “sombra”, ou seja, não tem ideias original. Só surfa na onda de Castelo. Tudo que tem de grandes obras, se o leitor for fazer uma pesquisa a fundo, as mesmas foram concebidos e conseguidas por Castelo. Ramon não consegue mostrar que é “alguém” sem desvencilhar da sombra de Castelo.

Castelo conseguiu a macrodrenagem. Pelo menos, Ramon poderia fazer a microdrenagem, mas nem isso fez. Que o digam as chuvas de ontem (quinta, 24/01).

Aliás, a enchente de Biguaçu afundou de vez o prefeito Ramon, que não consegue mais provar que tem alguma competência administrativa para resolver ou amenizar ou atenuar o problema das enchentes.

Vale lembrar que, quando foi inaugurada a macrodrenagem, houve uma grande chuva na Grande Florianópolis e, ao mesmo tempo que São José e Palhoça tiveram grandes prejuízos por causa das inundações, em Biguaçu não houve problemas, graças à obra citada.

Castelo foi embora, anos se passaram e as enchentes voltaram. Por quê? Faltou manutenção, limpeza, retirada de entulhos nas galerias.

Para ser mais exato, ano passado Ramon mandou limpar canal de macrodrenagem, mas isso aconteceu depois de uma enchente e não como uma atitude preventiva.

 

APEGO

 

Vilson Alves: por que não deixar o Vilson trabalhar? (Foto Arquivo JBFoco)

 

Renunciar não é feio. Aliás, Castelo foi homem público suficiente para renunciar em dezembro de 2014. Não por ele ser incompetente ou estar respondendo alguma “bronca” judicial”. Pelo contrário. Castelo renunciou alegando doença e teve espírito público para dizer que não queria estar ganhando salário de prefeito enquanto estaria em licença médica.

Já que Ramon não consegue ter a performance de Castelo, que dê o bastão para seu vice, Vilson Alves (PP), este sim um cidadão que trabalha e não esconde a ambição de ser prefeito. Por que não deixar o Vilson trabalhar?

Se Ramon está preocupado com o emprego da irmã, Vilson não negaria deixá-la no cargo.

 

PARA QUE VEIO?

Se Ramon faz uma licitação, tudo custa uma fortuna. Que o diga o famoso caso da licitação quase milionária de aluguel de banheiros químicos!

Em 2018, não abriu uma só vaga de creche pública. A educação de Biguaçu está em último lugar no IDEB. A saúde tem uma déficit de R$ 12 milhões, isso dito por seu secretário.

Se qualquer cidadão fizer uma pergunta, Ramon simplesmente não responde, recusa-se a responder e, se possível, processar quem perguntou como se perguntar fosse algo ofensivo a sua honra e recusa-se terminantemente de ir na câmara municipal para responder cara a cara perguntas de vereadores.

Bom! Vou parar por aqui porque senão vira um livro. Mas o fato é esse: como Ramon é apegado ao poder.

Uns lutam pelo poder para fazer algo pela coletividade. Pelo jeito, Ramon apega-se ao poder apenas por status não consegue provar a ninguém que é realmente é o “cara”, sem ser sombra de alguém.

 

VÍDEO

 

https://chat.whatsapp.com/Lt0gdEGjQiYAvavsWLeuTf

Clique no link desse grupo e receba Gratuitamente notícias da comarca de Biguaçu e ainda concorre a uma bicicleta que será sorteada 5-3-2019. Nesse grupo não haverá interação, somente recebimento de reportagens do Jornal Biguaçu em Foco

 

É muito FÁCIL receber notícias gratuitamente e concorrer a uma bicicleta!

JBFoco

#jbfocowhattsapp

  1. Envie uma mensagem no whattsapp para o número (48) 9-8484-7539 com a palavra OK! https://chat.whatsapp.com/KqM4tyur0hILhDrHAnFFBB

  2. Além de receber notícias GRATUITAMENTE, você concorrerá a uma bicicleta.

Prêmio a ser sorteado: Bicicleta Aro 26 Beach 18V

Sorteio: Dia 05.03.2019 ( 05 de março de 2019)

Quem já recebe as reportagens pelo whattsapp está concorrendo automaticamente.