Publicidade

No futuro não longínquo, os cidadãos entrarão em lojas de sex shop e farão pedidos como estes: “eu quero uma Lady Gaga”. “Tens aí a Pamela Anderson?” “Quero uma Madonna versão “Material Girl” anos 1980”.

Se o sex shop for no Brasil, o cidadão vai pedir: “me dá uma Anitta”, “quero uma Angelica dos tempos do “Vou de táxi”” ou “Quero Vera Fischer versão 1981”.

É isso mesmo. Robores iguaizinhos às personagens estarão à venda e, de tão perfeitas, servirão até mesmo para sexo puro e simples.

Apostando nessa ideia, um inventor norte-americano não tem medido esforços para fazer as robores femininos mais perfeitos possíveis e com certos “atributos”. Aliás, alguns desses robores são tão perfeitos que parecem mulheres de carne e osso.

Um norte-americano de 60 anos, cujo nome não foi divulgado, não teve dúvida. Em sua empresa situada na Califórnia, EUA, criou umas robores femininas lindíssimas e resolveu ele mesmo testar os atributos sexuais das mesmas. Ao todo, gastou 200 mil dólares para ter todos os materiais necessários, principalmente um silicone que é muito similar à pele humana.

Qual o resultado? Ele mesmo disse que ficou impressionado com o “realismo”, isto é, é como se ele estivesse mantendo relações sexuais com mulheres de carne e osso e, ainda por cima, famosas.

A ideia é lançar no futuro tais máquinas e vender nos sex shops do planeta.

 

CURIOSIDADE

De onde vem a palavra “robô”?

Um escritor checo chamado Karel Čapek (1890-1938) empregou pela primeira vez a palavra “robota” a uma máquina em formato humano que obedecia a ordens na peça teatral de sua autoria intitulada “R.U.R”.

Acabou batizando a máquina.

Tem gente que traduz a palavra “robot” como “trabalho servil”, “escravo”, “trabalho forçado”.

Nada a ver. A palavra “robota” vem da língua tcheca e significa simplesmente “trabalhar”. Em russo, idioma da mesma família linguística do tcheco, o verbo é “rabot”.

 

Robô parecido com a atriz norte-americana, Pamela Anderson, quando jovem, criado para fazer sexo. (Foto Divulgação)

 

Inventor ao lado de sua criação. (Foto Reprodução You Tube)

 

Quem dos dois não é robô? O da mulher, que é o rosto da atriz norte-americana Scarlett Johansson. (Foto Divulgação)

 

https://chat.whatsapp.com/KGHnAVR0IDg76hT4dBMrAX

Clique no link acima e receba gratuitamente notícias do JBFOCO regional. Nesse grupo não existe interação. Somente recebimento de matérias jornalísticas de Biguaçu, Antônio carlos, Governador Celso Ramos e região.

Publicidade