Décio Baixo Alves

E-mail: decio@jbfoco.com.bre

CONTRASTE

Li a seguinte notícia: “A Prefeitura Municipal de Florianópolis, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Juventude e da Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes, juntamente com a (ELA) Escola Livre de Artes, abre as inscrições para diversos cursos gratuitos nas áreas de música, dança, teatro, artes visuais, cultura popular e literatura e humanidades”.

Perguntar não ofende: quando é que a prefeitura de Biguaçu vai oferecer cursos de artes no Centro Cultural Casarão Born?

Prestem atenção. A prefeitura de Florianópolis oferece até curso gratuito de teatro.

Aqui em Biguaçu, não temos nem sombra disso e, no ano passado, o prefeito Ramon Wollinger (PSD) teve a coragem de gastar mais de R$ 30 mil para uma apresentação única da atriz global Elisabete Savalla em Biguaçu. O sugestivo nome do projeto da dita atriz é “Teatro de Graça na Praça”. Mas esse teatro “de graça” custou mais de R$ 30 mil dos cofres públicos de Biguaçu.

Quer dizer, a prefeitura de Biguaçu não oferece um curso sequer de teatro amador, mas, se para atriz global, aí está liberado. “Côza linda!”, como dizem os manezinhos.

E por favor, não venham com a desculpa de que Biguaçu não tem dinheiro para cursos de artes, que poderiam ser o “contraturno” das escolas municipais. R$ 30 mil para Elisabete Savalla a prefeitura de Biguaçu tem e o prefeito não perdeu a oportunidade de tirar fotos ao lado da famosa.

Parece até o famoso ditado: “em casa de ferreiro, espeto de pau”.

 

CRIATIVIDADE DO CRIME

A criatividade da bandidagem não tem limites. Os caras são literalmente “f..da”!!! Vejamos o que aconteceu em Itapema na segunda-feira desta semana (20/05).

Dois caras vestidos com coletes da Polícia Federal entraram num shopping naquela cidade onde há uma casa de câmbio.

Os caras chegaram no recinto e apresentaram um suposto “mandado judicial de busca e apreensão”.

No início, os donos perguntaram-se qual a razão daquilo, que “crime” teriam cometidos, mas, como eram “policiais”, acabaram permitindo a entrada. Afinal de contas, havia um “mandado judicial”.

Num determinado momento em que vasculhavam a casa de câmbio, os bandidos anunciaram o assalto e o filho do proprietário reagiu e acabou baleado.

Os bandidos conseguiram fugir.

 

LEI MAIS SEVERA

Não é a primeira vez que bandidos disfarçam-se de policiais para enganar as vítimas e assaltar. Lembro-me de um caso de bandidos vestidos com toda a indumentária da Polícia Rodoviária Federal (PRF) fazendo blitz numa estrada de Santa Catarina e parando ônibus de sacoleiros vindos do Paraguai. O que fizeram logo que os ônibus paravam? Realizaram os assaltos.

A lei deveria ser dura. Bandido que se disfarça de policial deveria ter a pena quadruplicada. Explico.

Quando aparecem policiais, os cidadãos tendem a atender a ordem de parar ou a inspeção qualquer. O objetivo é simples: não se incomodar depois com a Justiça.

Mas se a moda de se disfarçar de policiais tornar-se “moda”, o cidadão comum não vai mais distinguir a lei da bandidagem.

E situações como esta podem acontecer: o cidadão vê policiais querendo entrar em sua casa ou estabelecimento e, na dúvida, puxa o rifle e atira contra os mesmos pensando na possibilidade de serem bandidos. Ele está no seu direito de se defender, apesar de ser um engano.

Este é o risco. Por isso, a lei tem de ser mais dura para os bandidos que se utilizarem da tática do disfarce.

TERRENO

Vendo terreno no loteamento Deltaville por R$ 128 mil ou R$ 38 mil de entrada mais prestações. Aceito propostas ou até uma parceria de construir casa para futuras negociações. Tratar com Karen pelo fone (48) 9-84454827.

CONVITE

 

Convite. (Foto Divulgação)

 

 

SEMANA DA INDÚSTRIA

 

Semana da Indústria. (Foto Divulgação)

 

Transcrevo: “Uma série de iniciativas promovidas pelo SESI e SENAI vai marcar a celebração da Semana da Indústria na Grande Florianópolis. O evento é gratuito e vai abordar temas da atualidade em palestras e workshops em cinco cidades da região: Florianópolis, Palhoça, São João Batista, São José e Tijucas.
A abertura da Semana da Indústria será no SENAI de São José e contará com a palestra de Juliano Tobias, que vai falar sobre como as diferenças entre gerações impactam nos negócios. No mesmo evento, Juliane Borges, do SEBRAE, vai conversar com empresários sobre fontes de financiamentos. A Semana ainda terá discussões sobre a lei de proteção de dados e atividades maker”.

VEJA A PROGRAMAÇÃO:

 

Data Horário Local Atividade
22/05 09h SESI Palhoça Atividades Maker
22/05 19h SENAI Florianópolis Os desafios da indústria frente a nova lei de proteção de dados

Palestra com Paulo Silva – Diretor de Consultoria da Tracker Segurança Segurança da Informação

23/05 08h30 SENAI São João Batista Workcoffee RHS

Palestra e atividades com Alice Schmitz e Simone Geneves – Consultoras SESI

22/05 09h SESI Palhoça Atividades Maker
22/05 19h SENAI Florianópolis Os desafios da indústria frente a nova lei de proteção de dados

Palestra com Paulo Silva – Diretor de Consultoria da Tracker Segurança Segurança da Informação

23/05 08h30 SENAI São João Batista Workcoffee RHS

Palestra e atividades com Alice Schmitz e Simone Geneves – Consultoras SESI

 

COMUNICADO

 

Agemed. (Foto Divulgação)

 

https://chat.whatsapp.com/KGHnAVR0IDg76hT4dBMrAX

Clique no link acima e receba gratuitamente notícias do JBFOCO regional. Nesse grupo não existe interação. Somente recebimento de matérias jornalísticas de Biguaçu, Antônio carlos, Governador Celso Ramos e região.