Publicidade

Você quer aprender a falar o idioma indígena xokleng/laklãnõ?

Verificando que não existe livro, aplicativo ou site na internet que ensinasse esse idioma, o indígena Nanblá Gakran, residente na terra indígena de José Boiteux, interior do estado de Santa Catarina, resolveu criar o primeiro curso desse idioma raro.

O professor Nanblá é o único especialista do idioma xokleng hoje no mundo. Possui um mestrado pela Unicamp e um doutorado pela Universidade de Brasília, ambos em linguística, e tudo sobre o tema “língua xokleng/laklãnõ”. Vale lembrar que no doutorado, Nanblá publicou, no corpus de sua tese, o primeiro dicionário do idioma xokleng, que até então não tinha esse registro.

Atualmente residindo em Florianópolis, onde atua no curso de licenciatura indígena da UFSC, Nanblá resolveu criar um curso para atender interessados em aprender o raro idioma, hoje falado por mais ou menos 500 indígenas que vivem em José Boiteux.

Gakran está oferecendo seu curso pelo Skype e pelo google e as lições são enviadas pela internet. Mais detalhes com o próprio Nanblá pelo fone (47) 9-9772-6523.

Nanblá Gakran. (

MISSÃO

Nanblá recebeu uma missão do conselho de anciãos de sua tribo. Por ser o mais fluente falante do xokleng, que os índios chamam de “laklãnõ”, Nanblá foi incentivado a estudar linguística com o objetivo de aperfeiçoar-se no estudo de metodologia de aprendizado de idiomas e, com esse conhecimento, elaborar cursos e apostilas para ensinar os estudantes da comunidade indígena. Vale lembrar que infelizmente muitos dos jovens da comunidade não falam mais o idioma. A missão de Nanblá é revitalizar o idioma.

E Nanblá acabou tendo a ideia de não apenas focar na sua comunidade, mas também conquistar os “brancos” (os de origem europeia) a aprender seu idioma.

Sobre isso, ele publicou um “pequeno esclarecimento”, cujo teor é o seguinte: “Minha proposta enquanto único pesquisador da língua Xokleng/Laklãnõ e falante nativo dessa língua indígena, é divulgar minha cultura e minha língua materna entre o meio acadêmico e não acadêmico para os falantes e não falantes nossa cultura e nossa língua materna, herança dos nossos ancestrais para que seja reconhecida e POLITICANTE ter mais prestígio e assim ser respeitada nossa cultura e nossa língua como qualquer outra língua do mundo.

O que deve ser entendido entre os demais parentes Xokleng/Laklãnõ, a forma de divulgação entre não indígenas, não significará que no futuro próximo ocuparão nosso espaços enquanto Xokleng/Laklãnõ, mas sim, nos ver com outro olhar de respeito. Porque acredito que é uma das formas de haver interesse de pesquisa mais sobre nossa língua, pois até o momento sou único pesquisador dessa língua no Brasil e no mundo. Por isso preciso que nossa língua fosse reconhecida e ter mais registros pensando num futuro distante, porque pra ser sincero, ‘eu não sou eterno’ para levar adiante essa pesquisa sozinho”.

CONTATOS

Interessados contatar com Nanblá pelo fone (47) 9-9772-6523.

 

 

PLANILHA DO VALOR DO CURSO BÁSICO EM XOKLENG/LAKLÃNÕ

 

Matrícula: R$ 100,00

Curso de 32 horas aula

Há dois pacotes diferentes para estudantes/Acadêmico e Professor (a) /Pesquisador (a)

 

Estudantes/Acadêmico

Valor Total do Curso: R$ 1.600,00

Valor hora/aula: R$ 50,00

2 horas aulas semanal→ Total: 8 horas aula mensal.

Valor Mensal (pacote fechado): R$ 400,00

 

Professor (a)/Pesquisador (a)

Valor Total do Curso: R$ 1.920,00

Valor hora/aula: R$ 60,00

2 horas aulas semanal → Total: 8 horas aula mensal.

Valor Mensal (pacote fechado): R$ 480,00

 

Material Incluso no Curso de 32 horas:

  • Textos (conversação)
  • Caderno de Exercícios
  • Dicionário
  • Certificado de Conclusão – 1º Fase.

 

Contato:

E-mail: memoria.xokleng@gmail.com

Facebook: facebook.com/ngakran

Celular/watsapp: (47) 9-9772-6523

 

https://chat.whatsapp.com/KGHnAVR0IDg76hT4dBMrAX

Clique no link acima e receba gratuitamente notícias do JBFOCO regional. Nesse grupo não existe interação. Somente recebimento de matérias jornalísticas de Biguaçu, Antônio carlos, Governador Celso Ramos e região.

Publicidade