Publicidade

Prefeitura de Biguaçu divulgou esse vídeo que acabou provocando a crítica da população. (Foto Reprodução) 

A resposta é muito, mas muito simples: apenas algumas contas de matemática básica. Pois vejamos.

Em 24 de maio último, o prefeito Ramon Wollinger (PSD) provocou a ira popular ao divulgar um vídeo na página da prefeitura de Biguaçu no facebook.

Tratava-se de uma propaganda intitulada “Biguaçu investe na Educação”. A locutora dizia: “a minha cidade prepara meu filho para o futuro” ao lado da informação de que a gestão do prefeito Ramon investiu R$ 117 milhões para atender 5.500 alunos.

Na realidade, não foram R$ 117 milhões de “investimento”, mas sim R$ 180,1 milhões. Faça-se essa retificação.

Mas que investimento? Esse vídeo deveria estar competindo no Prêmio Josef Goebbels de Propaganda Mentirosa do ano. Por quê?

Para quem não se lembra, Josef Goebbels (1897-1945) foi o famoso ministro da propaganda de Adolf Hitler (1889-1945). É dele a famosa fórmula “uma mentira repetida mil vezes torna-se verdade”.

O prefeito Ramon foi infeliz ao ter divulgado o citado vídeo enaltecendo uma educação em Biguaçu que só existe no mundo da fantasia. A população não gostou e enviou uma saraivada de críticas repudiando a tentativa goebbeliana de escamotear a verdade.

Afinal de contas, segundo o IDEB (Índice de Desenvolvimento de Educação Básica) do ano passado, Biguaçu figura na ÚLTIMA colocação entre os 20 municípios da Grande Florianópolis. Sim, o nível da educação básica PÚBLICA de Biguaçu está com performance abaixo do mínimo e o prefeito Ramon ainda teve a coragem de dizer que foram investidos “R$ 117 milhões”.

Só não explicou como conseguiu a proeza de, mesmo contando com R$ 117 milhões em “investimentos”, não ter construído uma única sala de aula em creches municipais ao longo do ano de 2018. Nem estamos falando de novas creches. Não é uma incoerência?

Como dito antes, Ramon afirma que o “investimento” foi de R$ 117 milhões, mas temos dados oficiais de que o gasto foi maior ainda: R$ 180,1 milhões.

Diante disso, por que é necessária uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito)?

É porque se a prefeitura fosse pagar uma mensalidade de R$ 600,00 para que todas as 5.500 crianças matriculadas nas escolas públicas MUNICIPAIS de Biguaçu fossem frequentar escolas particulares, os R$ 180,1 milhões seriam mais que suficientes para custear quatro anos de estudos e, ainda por cima, sobraria um “troco” de R$ 1 milhão e pouco.

A questão é bem simples: o que vale a pena? Usar essa montanha de dinheiro para pagar escolas particulares para todas as 5.500 crianças que frequentam as escolas públicas de Biguaçu ou continuar investindo numa estrutura de escolas públicas cujos alunos ficam na última colocação do IDEB? Entenderam o problema?

Não? Analise esse exemplo. Paulo Lopes tem 7.282 habitantes e uma arrecadação média de impostos na ordem de R$ 17,7 milhões por ano, o que dá por volta de R$ 70,8 milhões em quatro anos.

Quer dizer, Biguaçu gastou só em educação R$ 181,1 milhões, mais que o dobro em comparação à arrecadação TOTAL de Paulo Lopes e, mesmo assim, esse município considerado o mais carente da Grande Florianópolis teve um desempenho no IDEB melhor do que Biguaçu. Entenderam o tamanho do problema???

Em resumo: é uma montanha de dinheiro (R$ 180,1 milhões não são R$ 180,00 ou R$ 181 mil) para resultados tão pífios!!!

É preciso investigar. Alguma coisa está errada. Onde esse dinheiro foi aplicado? Como é que a gestão do prefeito Ramon gastou uma FORTUNA para ter resultado tão pífio no último IDEB?

O leitor não concorda que tem algo errado nisso?

Que a Câmara de Vereadores de Biguaçu investigue o caso, pois não pode ser conivente com a dúvida.

Precisamos saber: como, onde e em que os R$ 180,1 milhões foram gastos na educação de Biguaçu entre 2015 a fevereiro de 2019?

Doa a quem doer, mas a verdade precisa sair dessa montanha não importando que seja R$ 117 milhões ou R$ 180,1 milhões!!!

 

Ozias Alves Jr

E-mail: ozias@jbfoco.com.br

 

Gastos da Educação Municipal de Biguaçu entre 2017 a 2019. (Foto Reprodução)

VÍDEO

 

https://chat.whatsapp.com/KGHnAVR0IDg76hT4dBMrAX

Clique no link acima e receba gratuitamente notícias do JBFOCO regional. Nesse grupo não existe interação. Somente recebimento de matérias jornalísticas de Biguaçu, Antônio carlos, Governador Celso Ramos e região.

 

 

Publicidade