Publicidade

A matéria de capa da última sexta-feira (12/07) foi a respeito do Anel Viário de Biguaçu. Na ocasião, perguntamos mais uma vez ao prefeito Ramon Wollinger e seu vice Vilson Alves se realmente o futuro Anel Viário que cortará o interior de Biguaçu vai ter viadutos que permitirão que os motoristas da região possam atravessar de um lado ao outro a citada rodovia.

Leia o e-mail enviado pelo sr. Jarbas Garcia (jarbas.garcia2@hotmail.com):

Bom dia. Parabéns pela reportagem e questionamentos sobre o Contorno Viário em Biguaçu.

Tem mais um grande problema que ainda não está sendo discutido, que muita gente ainda não se deu conta do problema. O Contorno Viário é uma rodovia fechada, isso quer dizer que os proprietários ao longo dessa rodovia não poderão acessar seus terrenos por ela, e como foi dito na reportagem a rodovia não terá ruas laterais.

Então como ficará o acesso aos terrenos que estão sendo cortados pela rodovia? Simplesmente não terão acesso!

Anel Viário vai cortar acessos e motoristas terão de fazer desvios quilométricos para ir de um lado a outro da rodovia no interior de Biguaçu quando a rodovia estiver pronta. (Foto Ozias Alves Jr)

 

SEM ACESSO

Continua o leitor: “Falo isso pois sou proprietário de um terreno atingido pelo contorno viário. Meu terreno tinha mais de 43 mil m2 e a rodovia pegou mais de 25 mil m2 da parte frontal do terreno.

Ainda não chegamos a um acordo para finalizar o processo de desapropriação pois fico com uma área de quase 18 mil m2 sem acesso!

Exatamente assim, todos com quem converso acham isso impossível, mas é o que está acontecendo.

Todos os processos de desapropriação estão na justiça, foram iniciados pela Arteris, e em primeira instância eu ficaria com essa área sem acesso, por isso recorremos da decisão e fomos para segunda instância, queremos um acesso a área remanescente ou a indenização total da área, mas o que a justiça concedeu até o momento é um valor por perda de valor. Mas aí eu lhes faço uma pergunta – Que valor tem um terreno que não tem acesso?

É difícil confiar na justiça, mas essa é a nossa única saída, mesmo assim as perspectivas para a segunda instância não são boas.

Já entrei em contato com o Vilson vice-prefeito na tentativa que as forças políticas agissem em prol do Município, mas infelizmente não há vontade política para isso.

Ass: Jarbas Garcia”.

Futura rodovia do Anel Viário vai obstruir estradas no interior de Biguaçu. (Foto Ozias Alves Jr)

GRAVE

Caros leitores. Leram o e-mail do sr. Garcia? Analisem bem. Em primeiro lugar, ele está confirmando que realmente vários trechos do futuro Anel Viário não haverá viadutos. O que hoje um motorista passa de um lado a outro da rodovia, no futuro, isso será fechado, interditado.

O agravante é que não haverá estrada lateral. Ou seja, o motorista terá de fazer meia volta pelas tortuosas estradas do interior de Biguaçu até chegar em um dos três viadutos que serão construídos em 13 quilômetros de extensão dessa rodovia em território do município de Biguaçu. O que antes era linha reta, no futuro será fazer uma meia volta quilométrica.

Em segundo lugar, conforme o proprietário comentou, seu terreno, que será cortado ao meio, não terá acesso ao outro lado, pois não haverá viaduto ou túnel por perto. Ou seja, o valor de sua propriedade, pelo simples fato de que não terá uma estrada de acesso, o que antes tinha, simplesmente terá o valor abalado.

 

E AÍ?

E aí, prefeito Ramon? E você, Vilson? Vão deixar a situação desse jeito? Vão deixar colocar um Anel Viário cortando Biguaçu, tirando o acesso em vários locais do interior de Biguaçu, o que vai provocar a maior dor de cabeça aos moradores de Sorocaba, Três Riachos e outras localidades rurais e vocês não farão nada? Vão cruzar os braços?

O JBFoco está fazendo sua parte: chamar a atenção para um problema que vai atingir em cheio a comunidade do interior de Biguaçu.

Ninguém aqui é contra o Anel Viário, mas deixar que seja construída uma rodovia com raríssimos acessos, fechando uma infinidade de estradas e não dando acesso por baixo para que os moradores da região possam circular de um lado para outro, isso chama-se BURRICE!!!!

Prefeito Ramon. É UMA BURRICE SEM TAMANHO se você não exigir mais viadutos, túneis e passarelas. Você não tem o direito de deixar que a cidade venha a sofrer as consequências no futuro. Os moradores do interior de Biguaçu querem seus acessos.

 

ATESTADO DE BURRICE

Ainda é tempo. A estrada não foi concluída. Está ainda na fase de construção. Se a Auto Pista insistir em fazer a estrada sem viadutos e túneis em número suficiente para não provocar problemas de locomoção urbana na região, que a prefeitura de Biguaçu dê um murro na mesa, reúna a comunidade para trancar a obra, que se faça tantos protestos possíveis para sensibilizar as autoridades federais e estaduais para o problema da falta de viadutos.

Pelo amor do Divino! Não deixem que um absurdo desses não seja corrigido. Ramon, como é que você está deixando uma coisa dessas acontecer?

Acorde Biguaçu. E aí, Acibig? Vão deixar que esse absurdo se concretize? Cadê a mobilização?

Vamos deixar uma coisa bem clara. Ninguém é contra o Anel Viário. Pelo contrário. Mas o leitor não concorda que, se deixarem fazer um Anel Viário com apenas três viadutos, com dezenas de estradas obstruídas pela rodovia, sem estrada lateral e, ainda por cima, para atravessar de um lado para outro vai requerer um desvio de não se sabe quantos quilômetros, não é um “Atestado de Burrice” total e completo????

 

https://chat.whatsapp.com/DzUCpmYip17KFtkEeyNpaD

Clique no link acima e receba gratuitamente notícias do JBFOCO regional. Nesse grupo não existe interação. Somente recebimento de matérias jornalísticas de Biguaçu, Antônio carlos, Governador Celso Ramos e região.

Publicidade