Publicidade

PRESERVAR A NATUREZA – OBRIGAÇÃO DE TODOS.

José Maurício de Barros Filho, nascido em 1961, funcionário público estadual a mais de 37 anos, sempre gostou de ajudar na preservação da natureza, bem como reciclando o lixo, cultivando mudas e plantando várias espécies de árvores por toda a Grande Florianópolis.

Aprendeu a plantar e dar valor as árvores com os pais, sendo que em 2004, passou a plantar também nas ruas, por falta de espaço em casa.

Calcula já ter plantado mais de 1.300 árvores de diversas espécias.

Atualmente ele tem plantado com mais frequencia a árvore Aroeira, por ser uma espécie nativa e com grande resistência ao período de estiagem. Ele planta mais nos meses chuvovos, em decorrência do fato de que a terra esta mais macia e úmida para germinar as sementes e mudas.

Na maioria das vezes, ele coloca pneus ao redor das mudas, para evitar que a roçadeira acabe cortando as mesmas, quando ainda estão pequenas.

Plantar é um remédio natural para diminuir o stress, decorrente da vida corrida nas cidades.

José Maurício, entende que: “É lamentável o que o ser humano anda fazendo com a natureza, só retira e polui. Há necessidade urgente de se conviver em harmonia com a natureza. Estamos vivendo em um aquecimento global constante.”

Ele planta e ajuda na preservação das árvores e entende que as árvores retem a água no solo, sendo elas que através de suas raízes ajudam a segurar as encostas dos morros, seus ramos e folhas diminuem o impacto das chuvas na terra, bem como transforma o gás carbônico em oxigênio, ar puro que tanto precisamos.

Para ele, as árvores são um ar condicionado natural, pois são as árvores que regulam todo o clima.

As mudas são feitas em casa, aproveitando caixas de leite, fazendo apenas três furinhos embaixo e preenchendo com terra e regando pelas manhãs.

Após o crescimento são transplantadas no solo. Recomenda o plantio longe da rede elétrica.

José Maurício convida a população a exercitar a prática do plantio, que pode inclusive um excelente hobby, nas horas vagas.

Parabéns José Maurício de Barros Filho, o planeta precisa de pessoas com a sua consciência ambiental.

Retendo a água no solo (Foto Divulgação)
Os pneus ajudam na proteção das mudas. (Foto Divulgação)
José Maurício de Barros Filho cultivando diversas espécias (Foto Divulgação)
Aproveitando a sombra da árvore plantada por ele (Foto Divulgação)
Ajudando na diminuição do aquecimento global (Foto Divulgação)

BIBLIOTECA NO PRESÍDIO DE BIGUAÇU

 

Biblioteca do presídio de Biguaçu

 Em matéria que publiquei no dia 12 de julho, com o título “Conselho da Comunidade da Comarca de Biguaçu (Comunb) visita o presídio de Biguaçu”, fiz contar que o presídio recebeu doação da Prefeitura Municipal de Florianópolis, o que foi um equívoco. Na verdade, quem fez a doação de 306 livros foi a Biblioteca Pública de Santa Catarina.

Parabéns ao Gestor da Unidade, Sr. Jadson Ademir da Silva, Sr. Fábio da Silva (Chefe da Segurança, Sr. José Geraldo Schlischting (administrativo), bem como os demais valorosos funcionários.

 

(*) Fernando Henrique da Silveira é Funcionário Público Estadual, Membro da Academia de Letras de Biguaçu e Doutor em Ciências Jurídicas e Sociais.

fernandohsilveira@hotmail.com

Contato: 48 – 984578842 (WhatsApp).

 

https://chat.whatsapp.com/FPjwOITgOdo9LQnZAJprNs

Clique no link acima e receba gratuitamente notícias do JBFOCO regional. Nesse grupo não existe interação. Somente recebimento de matérias jornalísticas de Biguaçu, Antônio carlos, Governador Celso Ramos e região.

Publicidade