BOM DIA

Cristiane Bonato e Welton: (Foto Divulgação)

Nosso bom dia desta sexta-feira, vai para o casal paulista, Cristiane Bonato e Welton. Semana passada estiveram visitando a capital paranaense onde aproveitaram a beleza, e o lazer que Curitiba proporciona. Realmente é uma cidade para apaixonados e enamorados. Deixo aqui meu carinho ao casal e desejo de sucesso sempre em suas vidas.

SEXTOU

Então cuidou. O mundo não vai acabar este final de semana, eu acho. Mas vale a penar se cuidar. Se beber não dirija. Se cheirar ou fumar, você pode se dar mal. numa blitz, ou até ter uma overdose. Então se ame o suficiente para não cometer atrocidades contra você mesmo.

REFORMA

Da previdência foi aprovada em 1º turno, enquanto a esquerda esperneava. Mas faz parte. Eles que foram antes de ser governo, contra a tanta coisa, depois quando governo eram a favor. E ainda se gabam do bolsa família. A maneira mais infeliz de controlar os pobres.

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Sábias colocações de Fábio Rua: ”

Estamos vivendo aqueles raros momentos da história em que a base tecnológica já desenvolvida está acelerando de uma forma tão incrível, que quem ficar para trás perderá qualquer chance de crescer e prosperar, seja como indivíduo, empresa ou nação.

Nos últimos dois anos, diversos países anunciaram e já estão avançando em estratégias nacionais para o desenvolvimento e uso de Inteligência Artificial (IA). Não é para menos, já que sistemas de IA adotados ou impulsionados por governos são o principal motor da economia digital e podem contribuir para a democratização e aprimoramento de serviços públicos, individualização da educação, combate à corrupção, ao tráfico de drogas, de armas, além de reduzir ineficiências na saúde, no campo e nas cidades.

No Brasil, o assunto tem grande potencial de ganhar tração ao longo dos próximos meses. Recentemente, o MCTIC (Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações) anunciou uma parceria com a UNESCO para começarmos a rascunhar um plano integrado de Inteligência Artificial.

Como o tema é complexo e exige uma boa dose de debate e reflexão, antes de ser incorporado às prioridades de um país, elaborei dez rápidos pontos que deveriam ser considerados no processo de construção de uma estratégia que estimule o Brasil a se destacar na corrida pelo desenvolvimento e adoção de IA de forma ética e humana:

  1. Apoiar o desenvolvimento de habilidades digitais, capacitando estudantes e profissionais a perceberem as oportunidades econômicas que a Inteligência Artificial já está trazendo para todos nós.
  2. Promover o desenvolvimento de aplicações que resolvam os problemas mais críticos da sociedade e, ao mesmo tempo, diminuam as desigualdades e ampliem o rol de oportunidades econômicas para todos;
  3. Estimular o uso de plataformas de experimentação que reúnam várias partes interessadas, como comunidades, indústrias, academia e governos, para testar a Inteligência Artificial de impacto social;
  4. Ampliar mecanismos de financiamento de pesquisas que priorizem a colaboração entre humanos e máquinas;
  5. Criar grupos de especialistas interessados em desenvolver aplicações de Inteligência Artificial de forma responsável;
  6. Disponibilizar bolsas e intercâmbios de pesquisadores e desenvolvedores dispostos a treinar a IA para identificar e mitigar possíveis fontes de viés nos dados sendo analisados;
  7. Abrir os dados do governo, respeitando as regras de privacidade e confidencialidade. Nota: Se quisermos aplicações que contribuam verdadeiramente no endereçamento de problemas mais críticos da nossa sociedade, é preciso acabar com a velha (e desatualizada) máxima de que informação é poder e passar a considerar e entender que no século XXI, o poder vem, na realidade, do compartilhamento dessas informações;
  8. Adotar padrões globais de segurança, explicabilidade, equidade e transparência, assim como reconhecer e diferenciar as empresas que aplicam tais padrões nos seus desenvolvimentos tecnológicos;
  9. Investir em pesquisas básicas e aplicadas, na atração dos melhores cérebros do Brasil e do mundo e, de uma vez por todas, na estruturação de um instituto de propriedade intelectual ágil e pronto para estimular o desenvolvimento de tecnologia também no país;

Por fim, todos os níveis de governo devem, sim, investir nas melhores plataformas disponíveis no mercado, de forma a estimular um processo de tomada de decisões mais inteligente para que possam alocar melhor nossos recursos, priorizar ações, integrar sistemas e, principalmente, contribuir para a construção de uma nação mais digital e menos desigual.

 

 

FRASES

 

“Não existe nada de errado com homens possuírem riquezas. O errado é a riqueza possuir homens”

***

“Nós somos as Bíblias que o mundo está lendo… Nós somos os sermões que o mundo está prestando atenção”

***

“O maior acontecimento da história não foi o homem subir e pisar na lua, foi Deus descer e pisar na terra”

***

“Nestes dias de complexo de culpa, talvez a mais gloriosa palavra de nossa língua seja “perdão” Billy Graham

 

 

DICA

 

 

Para você fazer uma boa seleção do seu lixo:  Por Alex Pereira:

“No mundo em que estamos vivendo, ter apenas boa vontade com o meio ambiente já não é mais suficiente, é necessário também ser ambientalmente ativo, comprometido e competente. Complicamos tanto as questões ambientais do nosso dia a dia, que acredito termos nos tornado os principais culpados pelas agruras que nossa mãe natureza tem enfrentado.

Somos bons no discurso ambiental, mas somos péssimos em nossas ações ambientais. Falamos muito e pouco fazemos. Sempre transferimos a responsabilidade para outros. Sempre nos isentamos nas questões ambientais. Em algum momento você já refletiu sobre o seu comportamento ambiental? Você conhece o seu lixo?

Dentre as suas atribuições, como ser humano, está a gestão dos resíduos sólidos que você gera e que devem ser destinados de forma adequada para que as legislações ambientais vigentes sejam cumpridas. Ressalto as palavras “legislações ambientais vigentes”, pois o seu cumprimento é mandatório e necessário.

É muito importante conhecer o seu lixo, para que você possa tomar as decisões adequadas ao seu gerenciamento. Deve-se tomar conhecimento de seu tipo e quantidade. Podemos simplificar um pouco a análise do seu lixo, separando-o em resíduos recicláveis, não recicláveis e orgânicos. Na categoria dos recicláveis, qual a quantidade de papel, vidro, metal, plástico, madeira e lixo eletrônico (e-lixo) você gera?

Qual a quantidade de não recicláveis e qual a quantidade de lixo orgânico gerados por você no seu dia a dia? Recomento o uso de uma planilha que lhe possibilite quantificar cada tipo de resíduo gerado em um determinado período.

Todo material reciclável deve estar seco. Saiba que outro ser humano vai manusear esse resíduo, portanto, não colocar lixo orgânico ou não reciclável entre os resíduos recicláveis é um dever de todo cidadão.

Do tipo papel, separe jornais, revistas, correspondências, folhetos de propaganda, envelopes, cadernos usados, listas telefônicas, caixas de papelão, caixas de embalagens, papel de embrulho, embalagens “longa vida”, etc. Todos secos, sem restos de orgânicos, ou produtos que o tornem não reciclável.

Do tipo vidro, separe copos e potes e vidros em geral, todos secos. Como dica, retire as tampas dos potes, que normalmente são de metal ou plástico.

Do tipo metal, separe latas de refrigerante e cerveja, latas de alimentos, panelas, esquadrias, etc. Importante, todos secos.

Do tipo plástico, separe garrafas plásticas, embalagens plásticas, baldes, bacias, copos plásticos, etc. Repetindo, todos secos.

Do tipo madeira, separe somente madeiras recicláveis, que não possuam colas, tintas ou produtos químicos que tornem o resíduo não reciclável.

Do tipo e-lixo, separe todo e qualquer equipamento eletroeletrônico. Todos eles podem ser destinados de forma adequada.

Os resíduos não recicláveis são todos aqueles que não possam ser reutilizados após transformação química ou física, como por exemplo adesivos, papel higiênico, espelhos, etc. Estes resíduos devem ser destinados à empresas habilitadas e licenciadas para tratar esses materiais, para que não tenham maior impacto ambiental.

O lixo orgânico é todo resíduo de origem vegetal ou animal, por exemplo, restos de alimentos (carnes, vegetais, frutos, etc).

Destine os recicláveis para cooperativas de reciclagem habilitadas para tratar cada tipo de resíduo. Cooperativas são empreendimentos comerciais com uma importante contribuição social, gerando trabalho e renda ao explorar comercialmente os resíduos recicláveis.

Como consumidores, nós já desenvolvemos o hábito de sempre pesquisar o fornecedor e o produto antes da sua aquisição. Agora você deve desenvolver também o hábito de pesquisar se o local para onde você está destinando o seu resíduo, é apropriado, está habilitado e possui capacidade para tratar adequadamente esse resíduo. Conheça o seu lixo, saiba a quantidade de cada tipo, decida quais tipos serão coletados e encontre quem vai separá-lo e retirá-lo. Seja você um cidadão ambientalmente consciente e ativo. Conheça seu lixo, e o mais importante, se responsabilize pela destinação adequada do lixo que você gera.

Transforme-se e transforme o mundo para melhor!

 

PONTES

 

Pedro Ivo e Hercílio Luz, estão com a macaca, e nem são a Ponte Preta de Campinas. Cada qual com suas necessidades e os políticos cada qual com suas incapacidades.

 

JEAN

 

Willys, bandido do PSOL, vai ser investigado por venda de mandato. Será com certeza responsabilizado por este crime e talvez outros obscuros.

 

LEITURA

 

LUSÍADAS – Camões: Um dos maiores símbolos do Classicismo no mundo e, em especial lusófona. Luís Vaz de Camões, provavelmente, nasceu em Lisboa por volta do ano 1524 e era descendente por lado paterno de Vasco Pires de Camões um célebre trovador que afastou a influência cultural e literária bretã e italiana do país.

 

ABRAÇOS

Coluna Opinião Formada – Walter Lemos Filho – E-mail: walterlemos1961@gmail.com

 

https://chat.whatsapp.com/DzUCpmYip17KFtkEeyNpaD

Clique no link acima e receba gratuitamente notícias do JBFOCO regional. Nesse grupo não existe interação. Somente recebimento de matérias jornalísticas de Biguaçu, Antônio carlos, Governador Celso Ramos e região.