Publicidade

Ozias Alves Jr

E-mail: ozias@jbfoco.com.br

 

Todo mundo que pesquisa sobre árvore genealógica sempre tem curiosidade de saber se sua família tem ligação com alguém importante na história.

Foi o caso de meu grande amigo argentino, Diego Emiliano Villazón, residente em Salta, capital da província da província do mesmo nome ao norte da Argentina, fronteira com a Bolívia. Advogado, professor universitário e ex-secretário de comércio exterior da província de Salta, Diego foi o cônsul honorário do Brasil em Salta, mas resolveu renunciar ao cargo em protesto contra o impeachment de Dilma Rousseff em 2016.

Aqui no site do JBFoco, temos disponibilizado vídeos de um programa de televisão da Argentina apresentado por Diego e seu pai, Jorge Villazón, o “Moacir Pereira” do norte argentino, um jornalista especializado em política local e ex-candidato a deputado nas últimas eleições locais.

Diego envia-me periodicamente os vídeos de seu programa que passa aos domingos à noite numa TV de Salta onde ele e seu pai entrevistam políticos da região.

Aproveitando o extraordinário recurso da internet, eu pego os vídeos e os disponibilizo no site do JBFoco e reenvio o link via whatsapp a Diego. Este envia a seus grupos de amigos em Salta.

Diego conhece Biguaçu. Já esteve várias vezes na cidade. Frequentava o antigo restaurante do ex-vereador Bileco (in memoriam), onde Diego apreciava os pratos a base de camarão.

Em Salta, Diego atua como advogado, professor universitário na área de direito. Ex-secretário de comércio exterior da província de Salta, Diego foi o Consul Honorário do Brasil na região. Mas em protesto contra o impeachment da ex-presidenta Dilma Rousseff (PT) em 2016, Diego renunciou ao cargo.

Casado com a gaúcha Denise Santana, Diego é pai de três filhos e tem uma netinha.

 

CIDADE

Eliodoro Villazón Montaño (1848-1939). (Foto Wikipedia) 

Assistindo a vídeos de turismo pelo You Tube, eis que me deparou com uma cidade chamada Villazón, situada no sul da Bolívia, nas proximidades da fronteira com a Argentina.

“Villazón”. O nome chamou-me a atenção. Não é o sobrenome do meu amigo argentino?

Entrei em contato com ele e eis o que me contou. Essa cidade boliviana homenageia um ex-presidente daquele país chamado Eliodoro Villazón Montaño (1848-1939).

Eliodoro Villazón (em espanhol, primeiro vem o sobrenome do pai para depois o da mãe, o contrário daqui) foi presidente da Bolívia entre 1909 a 1913.

Mas o que meu amigo Diego Emiliano Villazon tem a ver com esse ex-presidente da Bolívia, Eliodoro Villazón?

Eliodoro foi o pai do bisavô de Diego e a família, cuja origem é Astúrias, Espanha, espalhou-se tanto pela Bolívia, como também Argentina e América Central.

E a família não se resumiu a uma presidência da Bolívia. Há um charuto cubano conhecido por sua qualidade cujo nome é Villazon. Há um cantor de ópera muito conhecido no México chamado Rolando Villazon (1972-  ) e um outro cantor, ídolo de música sertaneja na Colômbia, Ivan Villazon (1961-  ).

“Porém os Villazon mais conhecidos somos eu e meu pai Jorge porque saímos toda semana no jornal Biguaçu em Foco

 

 

https://es.wikipedia.org/wiki/Eliodoro_Villaz%C3%B3n

 

https://www.heraldrysinstitute.com/lang/es/cognomi/Villaz%C3%B3n/Espa%26ntilde%3Ba/idc/650925/

 

 

 

https://www.cigar.com/p/villazon-maduro-cigar-cigars/2010605/

 

 

(VÍDEO) Diego Emiliano Villazon (ARGENTINA)

 

(VÍDEO) Entrevistado: Manuel Santiago Godoy. Presidente da Câmara de Deputados da Província de Salta

 

(VÍDEO) Entrevistado: Profesor Miguel Ángel Cáceres. Historiador. Escritor. Poeta (ARGENTINA)

 

https://chat.whatsapp.com/KqM4tyur0hILhDrHAnFFBB

Clique no link acima e receba gratuitamente notícias do JBFOCO regional. Nesse grupo não existe interação. Somente recebimento de matérias jornalísticas de Biguaçu, Antônio carlos, Governador Celso Ramos e região.

Publicidade