O vereador e ex-presidente da Câmara Municipal de Governador Celso Ramos, Josué Ocker, contatou o JBFoco para informar o seguinte.

Na terça-feira desta semana (02/07), eis que a equipe do DEIC, delegacia especialista em investigações criminais, veio a Governador Celso Ramos para estourar um esquema de fraudes em cursos pagos com verbas de diárias para vereadores e funcionários da câmara local.

O foco das investigações dos policiais foi o período de 2007 a 2014 e não entre 2015 a 2019, período parte do qual em que Josué atuou como presidente da câmara.

Com o “estouro” policial, Governador Celso Ramos, como toda boa cidade de interior, entrou em polvorosa. Os cidadãos passaram a atacar os vereadores nas redes sociais. Muitos dos quais passaram a ser chamados de palavras de baixo calão.

Realmente as acusações do DEIC são graves. Os policiais conseguiram provas que demostram ter havido fraude nas diárias. Há certos vereadores em sérios apuros para tentar provar que não fizeram besteiras com as tais diárias.

 

FOCO

No entanto, Josué também foi hostilizado, mas os policiais não focaram a sua gestão, nem encontraram problemas na concessão de diárias. Os problemas aconteceram no período entre 2007 a 2014.

Portanto, Josué não devia nem poderia ser hostilizado. Ele não tem nada a ver com esse “babado”, como se diz na gíria.

Além disso, Josué observa que os problemas com cursos fantasmas, para os quais vereadores e funcionários receberam diárias para participarem, ocorreram com três empresas que, segundo ele, não são as mesmas que promoveram eventos no período em que Ocker havia sido presidente e, durante o qual, concedeu diárias. É preciso fazer essa distinção.

Traduzido: a situação para Josué Ocker poderia ser resumida na seguinte frase: “afaste de mim esse cálice”, ou seja, que as “broncas” contra os outros não sejam usadas contra ele.

 

https://chat.whatsapp.com/KqM4tyur0hILhDrHAnFFBB

Clique no link acima e receba gratuitamente notícias do JBFOCO regional. Nesse grupo não existe interação. Somente recebimento de matérias jornalísticas de Biguaçu, Antônio carlos, Governador Celso Ramos e região.