Publicidade

Moradores do bairro Saudade, o último do perímetro urbano de Biguaçu, estão promovendo um abaixo assinado eletrônico para reivindicar a construção de uma creche na região.

Para quem não se lembra, o prefeito Ramon Wollinger (PSD) anunciou que iria construir uma SUPER creche, ou seja, uma creche tão grande, mas tão grande que simplesmente “zeraria” a falta de vagas na região e, quem sabe, ainda poderia atender crianças de outros bairros. Vale lembrar que encontrar vagas em creches públicas em Biguaçu é como procurar agulha no palheiro. A falta é latente.

Os moradores do bairro Saudade não aguentam mais, ainda mais depois da promessa da “SUPER” creche que se evaporou que nem truque do Mandrake. O problema é que não tem graça nenhuma.

A esperança é a última que morre e a comunidade local está mobilizada em busca de assinaturas para o abaixo-assinado eletrônico. O link é o seguinte:

 

https://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/47230?fbclid=IwAR1AJG3O3WhqesDqnD6sfGgjWwzRDVjje28AlnlGkRvsx2B7kiLjbymTKSw

 

Transcrevemos a carta aberta da comunidade na introdução desse documento. Confira:

Abaixo-Assinado (#47230):Construção de uma creche no bairro Saudade – Biguaçu – SC.

Destinatário: Câmara Municipal de Biguaçu

A comunidade do Bairro Saudade, por meio deste instrumento de reivindicação, manifesta o descontentamento pela falta de vagas em creches no município de Biguaçu – SC.

A grande demanda nos entornos entre os bairros Prado e Saudade intensificou-se nos últimos quatro anos, seja pela crescente taxa da população, novos moradores, que veem de outros estados, bem como imigrantes Haitianos e de outros países.

O manifesto se fez necessário pelo descaso da administração pública e dos agentes políticos pelas promessas feitas à comunidade, além das verbas recebidas pelo programa “Brasil Carinhoso”, criado pela antiga presidenta Dilma Rousseff, para construção da “supercreche da Saudade”.

A voz do povo não se cala quando o assunto é Educação! Estamos descontentes e indignados com a falta de vagas na educação infantil, com a falta da creche na Saudade. Estamos descontentes com os apadrinhamentos de crianças que furam a lista de espera infantil, estamos descontentes pela falta de transparência na seleção e classificação de crianças que deveriam esta matriculadas em creches.

Não fazemos apologia à partidos, não somos de direita, esquerda ou centrão, somos cidadãos e eleitores, o nossos direitos estão sendo violados, queremos sim a creche! Pelo fim das promessas e o início da construção da creche da Saudade, pela nossa comunidade, por Biguaçu!

Assine este abaixo-assinado”.

Faça sua parte. Assine e cobre da prefeitura de Biguaçu a construção dessa creche que tanta falta faz para a comunidade.

Saudade reivindica cumprimento de promessa da super creche. (Foto Arquivo JBFoco)
Residencial Saudade precisa urgentemente de uma creche. (Foto Arquivo JBFoco)

CONDOMÍNIO SAUDADE

E por falar em creche, gostaria de falar a respeito do Condomínio Saudade, um conjunto de apartamentos construído a mais ou menos um quilômetro de distância da sede da Sulcatarinense, às margens da estrada rumo à zona rural de Biguaçu.

Nada contra o Condomínio em questão, mas parece que a prefeitura de Biguaçu faz tudo no improviso, na bagunça, sem seguir algum planejamento. Pois vejamos.

A prefeitura autorizou a construção do condomínio Saudade. Ok! Nada contra. É o progresso da cidade.

Mas quando autorizou, tinha de ter tido a prudência, já prevendo o futuro, de contatar com a empresa de transportes coletivos com o objetivo de negociar a ampliação de horários de ônibus e uma tarifa reduzida em função do trajeto menor entre o condomínio e o centro de Biguaçu.

Mas o que aconteceu? Parece que não foi dada a mínima importância para o ônibus. Moradores do condomínio Saudade reclamam- e com razão- que passam poucos ônibus na região, as tarifas são caras e que tudo isso é problemático para quem quer buscar empregos, que não existem no bairro Saudade, mas no centro de Biguaçu e nas cidades vizinhas.

Como é que a prefeitura de Biguaçu autorizou a construção de um condomínio enorme sem também equacionar o serviço do transporte coletivo?

E a coisa não para por aí. Se ninguém provar o contrário, só há uma única creche pública municipal atendendo os bairros Prado e Saudade. Vale lembrar que a creche em questão, a Dona Virgínia, é pequena e não consegue atender a todo a demanda.

Pois bem! E o que fez a prefeitura de Biguaçu? Autorizou a construção do Condomínio Saudade. Só não teve a PRUDÊNCIA de exigir da construtora do condomínio justamente a construção de uma creche dentro desse conjunto de apartamentos. Ora, se o condomínio seria enorme, que haveria um súbito aumento de crianças no bairro, não há creches suficientes na região, não seria mais que lógico que a solução seria exigir da construtora que instalasse uma creche no próprio condomínio?

Em suma: a prefeitura não previu isso e deixou construir um enorme condomínio e qual foi o resultado depois da instalação dos prédios de apartamentos. A falta de creches na região!!!!

Se a prefeitura não conseguisse resolver o problema do transporte coletivo e não tivesse a mínima perspectiva de construir uma creche na região da Saudade, que simplesmente não autorizasse a construção do Condomínio Saudade. Simples e prudente assim!

Mas se tivesse competência para reorganizar o transporte coletivo já prevendo o crescimento da demanda e conseguisse construir uma creche, não teria problema algum para autorizar a construção do Condomínio Saudade.

O que não podia fazer é seguir o velho costume do autorizemos para depois ver no que vai dar. É claro que só vai dar problemas e será um duro golpe na qualidade de vida da região.

Coitados dos moradores do Condomínio Saudade, literalmente “jogados” numa região distante, com carência de ônibus, pagando tarifas altas e sem ter alguma creche onde pudessem deixar seus filhos para trabalhar ou buscar emprego.

Pensando bem, haja incompetência, falta de planejamento, enfim, burrice prá lá de cristalina!

 

 

Ozias Alves Jr (Editor)

E-mail: reportagemjbfoco@gmail.com.

JBFoco Online – Quinta-feira (15/08/2019)

https://chat.whatsapp.com/CwLeRbK861A1Ks6fButk29

Clique no link acima e receba gratuitamente notícias do JBFOCO regional. Nesse grupo não existe interação. Somente recebimento de matérias jornalísticas de Biguaçu, Antônio carlos, Governador Celso Ramos e região.

Publicidade