Publicidade

BOM DIA

Gerlane Aquelino. (Foto Divulgação)

Meu bom dia desta quinta-feira vai para à minha amiga, apaixonada por malhar, Gerlane Aquelino. Esta realmente é um exemplo de dedicação à saudade da mente e do corpo. Admiro seu estilo alegre e espírito leve. Daqui de Floripa deixo meu carinho e admiração por você amiga.

 

PARABÉNS

Dona Ni e Dona Bela, pela iniciativa do Carreteiro Solidário. Exemplos que precisam ser seguidos.

 

INTERESSANTE

Lembro muito bem a grande repercussão de um artigo que escrevi em meados de 2017, sobre o assunto “Alienação Parental do Idoso”.

Naquela época, poucos falavam da possibilidade de se aplicar a Lei da Alienação Parental (12.318/10) por analogia aos casos concretos de alienação parental de idoso.

Em resumo, a alienação parental que trata a Lei 12.318/10 nada mais é do que a criação de falsas memórias na criança ou adolescente, por parte de um de seus genitores ou pessoas que convivam com mesmo, em face do outro genitor. Criar um bloqueio psicológico que afaste a criança ou o adolescente do genitor alienado, trazendo assim, enormes perdas ao menor e ao genitor alienado, provocado pelo agente alienador.

Todos devem saber que o Estado tem por obrigação cuidar das crianças e adolescentes tanto quanto do idoso, os quais são considerados pela nossa Constituição Federal como sendo vulneráveis.

Muitas vezes, é comentado que o idoso é o retorno a infância, ou seja, são pessoas fragilizadas em razão da idade, da mesma forma que são as crianças.

Esta fragilidade é que deixa o idoso exposto a prática da alienação por parte de um de seus filhos, curador ou parentes próximos, de forma a afastar a convivência do idoso com os demais, em especial, filhos que são vítimas, que denominamos alienados.

É assim que se entende a ALIENAÇÃO PARENTAL INVERSA, ou seja, inverte-se o papel, ao invés de um genitor macular o outro genitor e afastá-lo da convivência dos filhos, passam a atuar psicologicamente afastando o idoso da convivência com os demais parentes, passando a criar desconfiança daqueles que sempre foram confiáveis.

É muito comum, a prática da alienação do idoso, em especial quando há interesse financeiro ou patrimonial por parte de um ou mais filhos, buscando com esta prática, afastar os demais filhos para não terem participação da gestão das finanças e patrimônio dos idosos.

Não é raro assistir filhos se aproveitando da renda de aluguéis de imóveis, pensão previdenciária, rendimentos diversos, valores depositados em conta dos idosos, e para que isto ocorra, o alienador necessariamente precisa afastar os demais filhos da convivência do idoso, criando falsas memórias e colocando-os contra os demais filhos.

Certamente, se este idoso não tivesse rendimentos financeiros, e dependesse de seus filhos para se manter, na grande maioria das vezes não ocorre a alienação do idoso, pois não há interesse por parte do alienador.

Outros acontecimentos é a rejeição por parte de filhos que se recusam a participar dos cuidados que o idoso necessita. Quem já não ouviu alguém comentar: “Meu irmão não colabora com um tostão para pagar os remédios do meu pai”.

É possível, portanto, afirmar que a alienação parental do idoso em enorme percentual, é praticada quando há interesses financeiros pelo alienador.

Quando se fala na Alienação Parental Inversa, fala-se sobre a aplicação por analogia do art. 2º, caput, da lei 12.318/10 (Lei da Alienação Parental) que diz: “Art. 2o Considera-se ato de alienação parental a interferência na formação psicológica da criança ou do adolescente promovida ou induzida por um dos genitores, pelos avós ou pelos que tenham a criança ou adolescente sob a sua autoridade, guarda ou vigilância para que repudie genitor ou que cause prejuízo ao estabelecimento ou à manutenção de vínculos com este.”

Onde se lê criança ou adolescente, leia-se idoso, onde se lê genitores, avós, leia-se filhos, parentes próximos.

A Juíza Ângela Gimenez, da primeira Vara da Família e das Sucessões de Cuiabá – MT, uma das grandes defensoras da Lei da Alienação Parental e Guarda Compartilhada, entende ser a aplicação da Lei 12.318/10 por analogia a prática contra o idoso, uma postura legal e principiológica. Diz ainda que: “Essa possibilidade nasce da situação de vulnerabilidade e do idoso não possuir sua autonomia integral”.

Ainda afirma: Tanto o Estatuto Do Idoso como as legislações esparsas não preveem a alienação do Idoso. Portanto, não há lei que reconheça a alienação que filhos promovem contra seus pais.

A Alienação Parental Inversa já destruiu muitas famílias e provaram muitos idosos de viverem o pouco que lhes resta em harmonia com seus filhos, netos e bisnetos.

O assunto Alienação Parental Inversa, já é tema de muitas discussões entre juízes, advogados, psicólogos, juristas e outros.

Portanto, se você se enquadra em alguma situação que envolva a alienação parental do idoso, é preciso saber de que se trata de matéria nova em nosso poder judiciário.

Paulo Akiyama é advogado atuante no direito de família e direito empresarial, possui também formação em economia. É sócio fundador do escritório Akiyama Advogados Associados, atuando há mais de 20 anos. Para mais informações, acesse o sitewww.akiyama.adv.br ou mande e-mail para akiyama@akiyama.adv.br. Fone: 11-3675-8600.

DICA

Espaço Herbalife Floripa. Rua Arcipestre Paiva 115 sala 501, Edificio Rivoli. Uma alimentação que vai lhe ajudar a perder peso com qualidade. Fale com a Rita ou o Ricardo.

 

HOJE

É dia Mundial do Pedestre. Caríssimos amigos: Respeitar os sinais e faixas é dever de todos, não somente dos motoristas. Então vamos começar a respeitar o espaço de cada um.

 

TCL

A TCL, uma das principais empresas do setor global de TV e importante empresa de eletrônicos para o consumidor, anunciou hoje uma campanha de marketing global com o tema “Born a Legend” (“Nasce uma Lenda”) para encorajar clientes e funcionários a criar conteúdo gerado pelo usuário (UGC, na sigla em inglês) para demonstrar o que faz deles uma “lenda” na vida diária.A campanha faz parte da estratégia da TCL de engajar e inspirar públicos globais em diversos canais digitais. Os funcionários e clientes são encorajados a criar e carregar seus próprios vídeos curtos para suas próprias páginas de mídia social ou ao site da TCL entre 1 de agosto e 29 de setembro. A TCL vai selecionar os melhores vídeos e classificá-los a uma etapa posterior onde os fãs de todo o mundo poderá votar por seus vídeos favoritos. Os três vídeos com a maioria dos votos serão anunciados como os vencedores gerais em 30 de setembro e o envio vencedor ganhará um prêmio fabuloso de

US$ 10.000,00. “Estou empolgado por lançar nossa campanha global e espero que nossos clientes e funcionários apaixonados se unirão à diversão e participarão”, declarou Eileen Sun

, diretor de marketing do grupo de negócios no exterior do TCL Smart Device Group. “Na TCL, sempre nos esforçamos para inspirar todos a serem fiéis aos seus sonhos, incentivando-se a si mesmos e serem suas próprias lendas. Eu acredito que esse espírito ajudará as pessoas em suas vidas em qualquer coisa que fizerem.”

Para enviar ou visualizar os vídeos “Nasce uma Lenda”, acesse o site oficial da TCL e as contas de mídia social:

Facebook @tclelectronicsglobal
Twitter @TCL_TV_Global
Instagram @tclelectronics
YouTube @TCL Electronics
Site oficial da TCL: www.tcl.com/legend

 

SOBRE A TCL

A TCL é uma empresa de eletrônicos ao consumidor de rápido crescimento e participante importante no setor global de TV. A empresa foi fundada em 1981 na China e agora opera em mais de 160 mercados em todo o mundo. Em 2018, a TCL ficou classificada em segundo no mercado global de TV. A TCL se especializa na pesquisa, desenvolvimento e fabricação de produtos eletrônicos ao consumidor, com TVs, telefones celulares, roupas brancas, produtos de áudio e para casas inteligentes. Por meio de sua estratégia de “AI x IoT” (“Inteligência Artificial x Internet das Coisas”), a TCL se esforça para se tornar uma empresa de tecnologia inteligente líder em todo mundo que ajuda seus clientes a viverem uma vida inteligente e saudável.

 

AVAÍ

O segundo mais vezes campeão Catarinense, prevê que até a 19ª rodada o time poderá conseguir uma vitória. e dou como sugestão duas campanhas: ” Agora Vai…” ou ainda: “Na Próxima Vai.”

 

FRASE

“„A angústia é a possibilidade da liberdade. É o medo dessa possibilidade. A angústia é o puro sentimento do possível.Se houver coragem de ir mais além, se constatará que a então realidade será muito mais leve do que era a possibilidade. E o grande salto será o mais difícil, será cair nas mãos de Deus, será a coragem.“
Soren-kierkegaard/

 

LEITURA

O HOMEM A PROCURA DE SI MESMO – Rollo May. Rollo Reece May, nascido na cidade de Ada, estado de Ohio, foi um psicólogo existencialista famoso por seu livro “Love and Will”, lançado em 1969.

 

ABRAÇOS

Coluna Opinião Formada – Walter Lemos Filho – E-mail: walterlemos1961@gmail.com

 

JBFoco Online – Quinta-feira (08/08/2019)

 

https://chat.whatsapp.com/CwLeRbK861A1Ks6fButk29

Clique no link acima e receba gratuitamente notícias do JBFOCO regional. Nesse grupo não existe interação. Somente recebimento de matérias jornalísticas de Biguaçu, Antônio carlos, Governador Celso Ramos e região.

Publicidade