Publicidade

Era 1994. Jeff Schwartz e Dan Wong, estudantes da Universidade Estadual de São Francisco, Califórnia, EUA, resolveram fazer um “experimento”: instalar uma câmera de monitoramento focando a paisagem do campus da referida universidade. Detalhe: a câmera filmava 24 horas por dia, inclusive sábados, domingos e feriados. Enfim, a câmera, que os estudantes batizaram de “FogCam” (Câmara da “névoa”), ficou ligada 25 anos sem parar um único segundo.

Trata-se da primeira “webcam” do mundo e a ideia era justamente uso: filmar décadas a fio uma única paisagem para ver como ela se modifica ao longo do tempo.

O termo “Fog” veio de uma experiência parecida, mas não longa, ocorrida em 1993 na Inglaterra. Era uma webcam que filmava uma máquina de café. Vale lembrar que o café, quando quente, solta uma “fog” (névoa). Daí a origem do nome.

Em 19 de agosto de 2019, isto é, há poucas semanas, Schwartz e Wong desligaram oficialmente a webcam deles após 25 anos ininterruptos de funcionamento cujas filmagens eram transmitidas ao vivo, em tempo real, pela internet.

Por que desligaram? Alegaram que não tinham mais tempo para estar monitorando a experiência!

 

WebCam. (Foto Marvin Mennigen por Pixabay)

 

https://chat.whatsapp.com/Lt0gdEGjQiYAvavsWLeuTf

Clique no link acima e receba gratuitamente notícias do JBFOCO regional. Nesse grupo não existe interação. Somente recebimento de matérias jornalísticas de Biguaçu, Antônio Carlos, Governador Celso Ramos e região.

Publicidade