Publicidade

Acontece até hoje. Em época de eleição, o ginásio de esportes Nagib Salum, hoje situado no bairro Universitário, segundo o novo mapa de Biguaçu, é interditado porque a justiça eleitoral ocupa o espaço para fazer as apurações das eleições.

A diferença de hoje para a década de 1980, por exemplo, é que a interdição do ginásio é por poucos dias, enquanto que na década de 1980 podia durar semanas porque os votos eram em cédulas de papel e eram contadas uma a uma.

Na realidade, isso é uma “vergonha”. Biguaçu tinha de ter um centro de eventos. Nunca houve essa preocupação. Prefeitos entraram e saíram e nunca conceberam esse projeto. O máximo que houve nesse sentido foi a criação de um auditório no Centro Cultural David Crispim Corrêa, onde fica a biblioteca de Biguaçu. O problema é que aquele auditório inaugurado em 1987 já enche com 30 pessoas. Problemático para maiores eventos.

O centro de eventos que Biguaçu deveria ter batalhado para viabilizar é justamente um local para grandes reuniões, shows musicais, palestras e para eventos como apurações de eleições.

Ginásio de esportes é ginásio de esportes. Teoricamente tinha de estar 100% ocupado por esportes. Cada interdição vira no mínimo numa semana sem a possibilidade de jogos esportivos.

Mas dito tudo isso, a foto em questão foi tirada em 1982 durante a apuração das eleições de Biguaçu, ocasião em que Arlindo Corrêa foi eleito prefeito de Biguaçu pela primeira vez.

 

Apuração eleição 1982 – Ginásio de esporte Nagib Salum. (Foto Henrique Azevedo)

 

JBFoco Online – Quinta-feira (30/10/2019)

 

https://chat.whatsapp.com/FPjwOITgOdo9LQnZAJprNs

Clique no link acima e receba gratuitamente notícias do JBFOCO regional. Nesse grupo não existe interação. Somente recebimento de matérias jornalísticas de Biguaçu, Antônio Carlos, Governador Celso Ramos e região.

Publicidade