Publicidade

Laru Sanson, a jovem argentina que teve o rosto desfigurado por mordida de um cachorro na terça-feira da semana passada (14/01/2020) na província de Tucumán, está incomodada com os comentários de internautas que “sugeriram” o sacrifício do animal por considerá-lo perigoso.

A jovenzinha foi fazer um carinho no cachorro durante uma sessão fotográfica e o bicho não teve dúvida: deu uma violenta mordida que deixou o rosto da mocinha todo repleto de pontos.

O cachorro é chamado de Kenai e virou o assunto na imprensa argentina. Até que ponto deve-se ou não sacrificar o animal antes que possa morder ou até matar outra pessoa?

Laura é uma “cachorrenta”, isto é, adora animais e assim justificou: “Eu o abracei, coloquei a cara muito perto do cachorro, ele ficou intimidado; é um cachorro que nunca mordeu ninguém, ele tem 10 anos, é um pouco velhinho. Foi uma reação dele, ele se sentiu invadido. Não guardo nenhum rancor, não estou incomodada.”

Jovem divulgou as fotos da mordida nas redes sociais. (Foto Divulgação Redes Sociais)

Apesar dos pontos, jovenzinha não quer o sacrifício do animal. (Foto Divulgação Twitter)
Jovem divulgou as fotos da mordida nas redes sociais. (Foto Divulgação Redes Sociais)

 

 

 

 

Publicidade