O processo investiga crime de responsabilidade na compra de 200 respiradores da China com pagamento antecipado de R$ 33 milhões denunciado pelo site The Intercept Brasil.

A Assembleia Legislativa de Santa Catarina vota na tarde desta terça-feira, 20, o segundo pedido de impeachment contra o governador Carlos Moisés da Silva (PSL). Se aprovado, por 2/3 dos votos dos deputados, o PDL (Projeto de Decreto Legislativo) 11/2020 vai autorizar o segundo processo por crime de responsabilidade contra Moisés.

O processo investiga a compra de 200 respiradores da China com pagamento antecipado de R$ 33 milhões e denunciado pelo site The Intercept Brasil em abril deste ano.

No primeiro processo de impeachment, que já foi aprovado no plenário e está a cargo do tribunal julgador, o governador e a vice poderão ser afastados já na próxima sexta-feira, 23. Neste processo, Moisés e Daniela são investigados pela equiparação do salário dos procuradores do Estado por ato administrativo, sem aprovação de lei.

Diferente do processo que investiga a equiparação salarial, na denúncia votada nesta terça-feira a vice-governadora Daniela Reinehr (sem partido) foi excluída deste processo.

São necessários 27 votos (2/3 do parlamento) para dar continuidade ao processo. 

 

ASSISTA À SESSÃO AO VIVO

 

 

 

 

 

https://scportais.com.br/ao-vivo-alesc-vota-segundo-processo-de-impeachment-contra-governador-catarinense-carlos-moises-psl/

 

https://chat.whatsapp.com/D7vhA0aRnv1AwiF51xznxl

Clique no link acima e receba gratuitamente notícias do JBFOCO regional. Nesse grupo não existe interação. Somente recebimento de matérias jornalísticas de Biguaçu, Antônio Carlos, Governador Celso Ramos e região.