O funcionário público de Biguaçu, João Fernandes, está indignado com a notícia de que até o próximo dia 8 de fevereiro de 2021 os usuários do whatsapp têm de fazer a seguinte escolha: aceitar que suas conversas e informações pessoas sejam usadas pelo aplicativo para integrar negócios com empresas. Como assim?

O whatsapp não garantirá mais qualquer sigilo aos seus usuários. Simplesmente as informações dos usuários dessa rede de comunicação instantânea serão enviadas para uma central onde a empresa fará o que bem entender com relação a coleta de informações para depois serem comercializadas com outras empresas.

Até mesmo conversas privadas serão simplesmente usadas para que sejam analisados pelos algoritmos de computadores.

Já imaginaram ou quem garante que uma conversa sua íntima via whatsapp acabar sendo revelada ao público pela própria empresa?

E a coisa não para por aí. Se o usuário do whatsapp, empresa comprada pelo Facebook de Mark Zuckerberg, não aceita que suas informações sejam usadas pela companhia, ou seja, se ele assinar “não”, “não permite a quebra de seu sigilo”, a empresa simplesmente vai encerrar sua conta, ou seja, os usuários não terão escolha: ou cedem ou caem fora.

 

INDIGNAÇÃO

Uma onda de indignação está varrendo o planeta e aqui em Biguaçu, o funcionário público, João Fernandes, fez sua manifestação no próprio whatsapp a respeito.

Na realidade, por causa, já surgiram empresas que oferecem serviço similar do whatsapp, porém garantem total sigilo e uma delas é a “Signal”.

 

SIGNAL

Quem quiser aderir à plataforma Signal, basta entrar no seguinte link:

 

https://play.google.com/store/apps/details?id=org.thoughtcrime.securesms

 

VÍDEOS

Mais detalhes sobre o caso, assista aos vídeos em anexo:

 

 

https://chat.whatsapp.com/KGHnAVR0IDg76hT4dBMrAX

Clique no link acima e receba gratuitamente notícias do JBFOCO regional. Nesse grupo não existe interação. Somente recebimento de matérias jornalísticas de Biguaçu, Antônio Carlos, Governador Celso Ramos e região.