Por: Ozias Alves Jr. | 10/10/2018

Se eu não estiver enganado, Raimundo Colombo (PSD) foi o primeiro ex-governador do estado a não conseguir eleger-se senador.

Geralmente é isso o que acontece. O sujeito é governador, às vezes é reeleito e fecha com chave de ouro sua carreira elegendo-se senador por força da popularidade conquistada pelos anos de governo do estado.

Com Colombo, aconteceu o contrário. O cidadão foi citado na delação premiada da Lava-Jato por um ex-executivo da Odebrecht. Colombo conseguiu ser inocentado, isto é, o delator não conseguiu apresentar provas concretas da participação de Colombo no delito.

Essa absolvição poderia ter colocado uma “pá de cal” no caso, mas não foi o caso.

Lembro-me os vários minutos de vaias de Colombo recebeu ano passado durante a assinatura dos contratos de premiados do edital Elisabete Anderle de Incentivo à Cultura. Ali Colombo já estava sendo “fritado” e a coisa concretizou-se com a sua derrota nas urnas no último domingo (07/10).

 

POSSE

 

João Luz. Convite da posse. (Foto Divulgação)

 

Na próxima terça (16/10), às 17h, João Luiz Luz será empossado vereador na Câmara Municipal de Biguaçu.

 

PESQUISAS

 

Comandante Moisés. (Foto Arquivo JBFoco)

As pesquisas indicavam que o adversário de Gelson Merísio no 2º turno da eleição em Santa Catarina seria Mauro Mariani (PMDB), mas acabou dando Comandante Moisés.

A pesquisa Ibope dava 36% para Jair Bolsonaro (PSL) para presidente, mas, nas urnas, acabou sendo 10% a mais, ou seja, um “errinho” de quase liquidar a eleição no primeiro turno.

DELAÇÃO

Merísio foi citado também na delação premiada da operação Lava-Jato. Agora é avaliar quanto essa acusação, que certamente seu adversário, Comandante Moisés, irá usar e abusar na briga pelo governo do Estado.

FATOR MDB

Lembro-me do governador Eduardo Pinho Moreira dando um depoimento a uma TV contra Merísio. As palavras não foram nada amistosas. Foi uma acusação atrás da outra.

Acho que o MDB não deverá apoiar Merísio, mas não se sabe, pois a política é muito dinâmica.

FIQUE ESPERTO

Que país é esse em que vivemos? Li a seguinte notícia: o Procon da nossa vizinha São José informa que falsos fiscais desse órgão têm andando pelo comércio local (quando não já entrando em território de Biguaçu) abordando comerciantes e exigindo deles a compra do “Código de Defesa do Consumidor”.

Os cidadãos estão com esse livro e dizem aos comerciantes que eles precisam ter a obra para não levar multa.

O que acontece então? Os comerciantes acabam comprando o dito livro, mas trata-se de uma fraude. O Procon não vende nem exige que os comerciantes tenham um exemplar da dita obra. Além disso, esse código é distribuído gratuitamente.

Ou seja, “espertinhos” estão usando da “esperteza” para ganhar dinheiro “no mole” (!!!!)

Se alguém aparecer no seu comércio dizendo-se “fiscal do Procon” e ainda exigindo que você comprar o tal código do consumidor, fique esperto entrando em contato pelo fone (48) 3288-4393.

AVISO

Receba gratuitamente notícias da comarca de Biguaçu em seu whatsapp. Clique no link abaixo, adicione nosso número (4898484-7539) e dê um OK.
bit.ly/WhatsJBFoco