Por: Adriana Costa Alves | 03/07/2018

E nem poderia ser de outra forma, porque com sua extrema sabedoria, o Papa deixou muitos admirados e outros tanto indignados, ao declarar esta semana que a Igreja deve pedir desculpas aos homossexuais pela forma com que foram tratados todos estes anos, e ainda emendou: “se a pessoa tem boa vontade e busca Deus, quem somos nós para julgá-la?”

Mais um ponto para Francisco, além dos tantos que ele já arrecadou, tanto na terra como no céu. E um homem justo que luta a todo o tempo contra as guerras, o egoísmo e o preconceito, só faz por merecer o bem e o resultado não pode ser outro: aclamado pelo mundo todo, ou pelo menos, por boa parte dele.

Para muitos, um Papa moderno, para nós, a virtude em pessoa e muito diferente daqueles que se proclamam “os maiores representantes de Deus na Terra.” Quanta ousadia! Ao contrário de muitos que o precederam, sabedoria, humildade e simplicidade formam a figura deste grande homem.

Um representante da verdadeira fé e dos justos princípios de Deus, isto sim. De um lado a Igreja com seus dogmas e pré-conceitos e de outro seu dirigente, um homem de fé, simples, mas de boa vontade e combatente ferrenho dos preconceitos e das injustiças. Um verdadeiro exemplo a ser seguido.

E isso me lembra muito uma propaganda veiculada há alguns anos na Itália que dizia mais ou menos assim: “A Igreja é contra o uso de preservativos ou de qualquer outra forma de contracepção. Levaram cem anos pedindo perdão pela Santa Inquisição. Quanto tempo mais levarão para pedir perdão às vítimas da AIDS? Use camisinha.”

E é só lembrar, que não faz tanto tempo assim, mães solteiras ou pais não-casados não podiam batizar seus filhos, tal qual, os suicidas que não podiam ser velados na Igreja e nem enterrados em solo sagrado. No cemitério, ficavam separados dos demais.

Felizmente, os tempos mudam e as pessoas também, e hoje já não é mais assim. Evoluir é bom, principalmente quando é para o bem e para o fortalecimento da fé dos homens de boa vontade, que como o próprio Papa ressaltou, não diferencia opção sexual, nem raça e nem credo.

 

Adriana Costa Alves

AVISO
Receba gratuitamente notícias da comarca de Biguaçu em seu whatsapp. Clique no link abaixo, adicione nosso número (4898484-7539) e dê um OK.
bit.ly/WhatsJBFoco