Por: Amanda Arruda | 21/05/2018

 

Luz Acesa

 

Como num sonho, acender-se-ão as velas,

E reinaugurará então a tua vida,

Pincel de esperança sobre tuas telas

Enquanto nesse trem não houver partida.

 

Tu brilharás sol a sol, a cada dia,

Tudo ofuscarão tuas madeixas grisalhas,

Tua existência enfim será poesia

De luzes infindas a nunca cessá-las.

 

E tu sempre eterna e tenra em tua essência,

Toda reinventada és em teus momentos

A suma rainha em tua resplandescência

Perpetuamente serás sem mais relentos.

 

Amanda Arruda

 

Poema em homenagem

 à avó materna da autora,

Maria Salete Garcia.

 

 (*) Amanda Arruda, 17, faz parte da nova geração de escritores de Biguaçu. Quem quiser adquirir o romance “A Heroína que virou Lenda”, entre em contato pelo fone (48) 9-9645-7045 ou pelo e-mail amandaarruda2001@yahoo.com.br.

AVISO

Receba gratuitamente notícias da comarca de Biguaçu em seu whatsapp. Clique no link abaixo, adicione nosso número (4898484-7539) e dê um OK.

bit.ly/WhatsJBFoco