Por: Marina Sorrentino | 25/02/2018

“Se a única oração que você diz em sua vida é ‘muito obrigado’, isto seria suficiente.” (Meister Eckhart)

 

Embora a felicidade às vezes é percebida como um estado que pode ser alcançado através da realização de algum objetivo ou adquirir algum bem material, pesquisas realizadas dentro da Psicologia Positiva sugerem que a felicidade está muito mais relacionada com a sensação de ser grato pelo que já temos. Isso mesmo, a gratidão está diretamente relacionada à sua felicidade.

Atualmente, a gratidão tem sido descrita como uma emoção, um estado de espírito, uma virtude, um hábito, um motivo, um traço de personalidade, uma resposta de enfrentamento, e até mesmo um modo de vida.

Gratidão significa contando suas bênçãos, notando prazeres simples, e reconhecendo tudo o que você recebe. Significa aprender a viver sua vida como se tudo fosse um milagre, e estar ciente de forma contínua. Gratidão muda seu foco do que a sua vida não tem, para a abundância do que já está presente. Além disso, a pesquisa comportamental e psicológica mostrou as melhorias de vida surpreendentes que podem resultar da prática da gratidão. Dar graças, torna as pessoas mais felizes e mais resistentes, fortalece os relacionamentos, melhora a saúde e reduz o estresse.

Quer praticar a gratidão e ser mais feliz? Então vamos lá, existe um método chamado “Diário da Gratidão”, é um exercício simples que consiste basicamente de escrever todos os dias uma lista de três a dez coisas pelas quais você é grato; você pode fazer isso em um caderninho. Outro exercício que você pode praticar é escrever uma carta de agradecimento a uma pessoa que tem exercido uma influência positiva em sua vida, minha sugestão é que você escreva a carta e marque um encontro com essa pessoa e leia a carta para ele face a face, tenho certeza de que esta experiência será enriquecedora e única.

Depois de exercitar mais a gratidão, e procurar coisas para ser mais grato, você vai perceber e apreciar os prazeres simples da vida, e as coisas que você já tem. Gratidão não deve ser apenas uma reação a conseguir o que quer, mas uma gratidão continua do tipo que você nota as pequenas coisas e onde você olha constantemente para o bem, mesmo em situações desagradáveis. Comece hoje mesmo a reconhecer suas experiências, em vez de esperar uma experiência positiva, a fim de se sentir grato. Desta forma, você se sentirá mais feliz na sua existência.

 

(*) Marina Sorrentino CRP 12/07283. Psicóloga Clínica, especialista em Hipnoterapia Cognitiva e Prática da Meditação. Fones: (48) 9919-0890 e 3034 1112. E-mail: marina_sorrentino@hotmail.com.