Amanda Arruda

COLUNA “POESOFANDO”- José Arruda Coelho (1933-2018): Homenagem in Memoriam

Queridos leitores, a crônica dessa semana será um pouco diferenciada, visto que se trata de uma homenagem ao meu estimado bisavô José Arruda Coelho que faleceu na segunda feira (08/01/2018), aos 84 anos....

COLUNA “POESOFANDO”- Vida

Já dizia Oscar Wilde, “viver é arte para poucos, a grande maioria apenas existe”. Esta frase é de uma erudição ousada que nos faz repensar totalmente o sentido de estarmos no mundo. E ao descartar quaisquer sig...

COLUNA “POESOFANDO”- O Brinquedo Preferido

Creio que nunca em minha vida houve alguém cuja convivência aprimorasse tanto o meu conhecimento de mundo como minha irmã de um ano, Cecilia. Nunca me ocorreu que observar o comportamento de uma criança que não...

COLUNA “POESOFANDO”- Metapoesia

Feliz é o poeta

Que um prato cheio faz da literatura,

Que alimenta a alma com a ternura,

Que a partir dela traça sua meta....

COLUNA “POESOFANDO”- O Cego

O cego está ali, parado. Sentado à janela, acompanhado de sua solidão. A solidão de quem não vê, apenas imagina. De quem não vê a vida e o modo como é bela de fato. E os dois se encaram face a face. Nesse senti...

COLUNA “POESOFANDO”- Aos Mestres, com todo o coração…

Parabéns a você, não só hoje, pois todos os dias carregam uma dignidade intrínseca de serem chamados de seus. Não só por ser bom naquilo que exerce, mas pelo ato de doar-se, tão exigido pelo ofício e praticado ...

COLUNA “POESOFANDO”- À DERIVA

Eu não sabia. Eu não sabia quão belo era o sol se pondo por trás dos morros e em meio às árvores. Eu não sabia. Céus, quanta coisa ainda há para se descobrir! É por aqui que passo todos os dias. E eu não sabia....

COLUNA “POESOFANDO”- Injustificável Sopro de Vida

Ao ser interrogada acerca das possíveis justificativas intrínsecas em minha escrita, flagro-me pensando em alguma plausível e entendível resposta para tais questionamentos e enfim concluindo que, quiçá, certas ...

Jonathas Guerra