Por: Ozias Alves Jr. | 23/11/2018

Recebemos a notícia do falecimento de Flávio Machado, 23, filho do colunista esportivo, Fábio Machado, que por muitos anos atuou no jornal Biguaçu em Foco e atualmente publica coluna diário no jornal Notícias do Dia.

Registramos nossos pêsames tanto a Fábio quanto a toda sua família nessa hora tão difícil.

O velório de Flávio está acontecendo hoje (sexta, 23/11), das 10h às 16h, no Crematório Vaticano, em Palhoça.

Resquiescat in Pace! Descanse em Paz!

O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará.
Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranqüilas.
Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome.
Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam.
Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda.
Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do Senhor por longos dias.

Salmo 23:1-6

Aqui a carta em homenagem ao filho publicada pelo pai nas redes sociais:

 

VAI MEU FILHO, VAI ( A HISTORIA DE UM ANJO ENTRE NÓS)

 

Cumprisse o teu papel aqui na terra. Como um ANJO escolhido em algum lugar elevado para essa missão, semeasse aqui o sorriso fácil, a compreensão e doçura. Flávio, amasse em generosidade e fosse amado, nesse caso, para ser sincero não foi por generosidade nossa que te amamos, e sim, por que foi muito fácil te amar e te querer bem. Sempre vamos te amar e sempre seremos amados por ti.

Vai meu filho, estás livre. Nada mais te prende. As dores não tem seguram a mais a nada. Vai agora para onde quiseres, para onde sentires vontade. Sempre fosses leve pela candura, pelos gestos carinhosos; imagine agora sem as amarras da doença, dos longos tratamentos e dos remédios. (Aqui é preciso dizer: sempre altivo, sereno e sem reclamar!)

Felizes dos que te tem agora como amigo e companheiro. Só eu sei o quanto eles estão felizes agora. Sortudos!

Filho, meu filho. Cada conversa sobre futebol, sobre a boa música, sobre questões da nossa existência vou levar para sempre. Íamos longe em nossos pensamentos e argumentos, lembra? No fim até ríamos da “nossa viagem”. Cansados nos despedíamos: ” Boa noite, filho. Te amo muito”. “Boa noite, pai te amo muito”.

Amigão ( era assim que te chamava), muito obrigado pela tua passagem entre nós nesses 23 anos. Pela tua grandeza talvez tivesse outras funções maiores, mas por humildade nos desse o privilégio da tua convivência conosco: com a nossa família, com os nossos amigos e com todas àquelas pessoas que em algum determinado momento passaram por entre a gente.

Vai meu filho, ó quanto egoísmo te querer só pra gente. Afinal, a tua luz é tão forte que ela precisa ser expandida para os outros.

* És tão iluminado que há duas semanas juntasse várias pessoas especiais e queridas no teu casamento ( e que casamento hein, cinematográfico ) com a Andressa ( uma ANJA, depois falamos sobre ela ) para nos dar uma grande lição: por maiores que sejam as dificuldades, sorria, sorria e brinde à vida. Tu é genial, cara!

Obrigado, Flávio. Te amo e até um dia.

” Eu vou pedir pros anjos cuidarem de mim. Pra quem tem fé, a vida nunca tem fim“.

AVISO

Receba gratuitamente notícias da comarca de Biguaçu em seu whatsapp. Clique no link abaixo, adicione nosso número (4898484-7539) e dê um OK.

bit.ly/WhatsJBFoco