Por: Ozias Alves Jr. | 11/10/2018

Kleiton Pedroso, genro do famoso apresentador de TV, Sílvio Santos, acabou preso na tarde da última terça-feira (09/10) por não pagar dívida de pensão alimentícia de uma filha que teve num relacionamento anterior.

Atualmente Kleition é casado com Sílvia Abravanel, 47, filha de Sílvio Santos. A “bronca” dele é estar devendo há dois anos a pensão alimentícia de sua filha de 6 anos tida com seu relacionamento anterior com uma designer de interiores chamada de Ana Arraes Cavalcante.

A prisão aconteceu numa loja Havan aqui em Santa Catarina. Ele tinha retornado de Miami, Estados Unidos, e tinha marcado um encontro com a mãe de sua filha com o objetivo de negociar uma solução para a dívida que está atualmente no montante de R$ 71 mil. A ex-mulher acionou a polícia.

Ana Cavalcante deu a seguinte versão ao jornal Extra: “Ele (Kleiton) se atrasou e ficou no carro do irmão, querendo me ameaçar. Eu avisei a polícia, que o prendeu na hora. Agora, o advogado vai fazer um possível acordo. Quero que ele me pague metade desse valor, e eu vou aceitar parcelar o restante. Eu dei dois anos para ele pagar essa dívida, e ele não pagou”.

De acordo com a ex-mulher, Kleiton não teria muito vínculo com a filha e que alegou não ter condições de pagar por causa de sua superação da atual esposa, Sílvia Abravanel.

“Ele queria começar a pagar essa dívida só daqui a sete meses, alegando que está separado de Silvia Abravanel, só que eles não estão. Ele ficou sete meses escondido nos EUA, ela pagando curso para ele, mandando dinheiro… E aí, simplesmente seis dias antes de ele voltar ao Brasil eles se separaram? É mentira!”, afirmou Ana.

A barra de Kleiton, que usa o nome artístico de “Edu Pedroso”, não anda boa na justiça. Já foi preso duas vezes pelo mesmo motivo: não pagar pensão alimentícia. Conseguiu a liberdade por causa de um habeas corpus.

A dívida inicial era R$ 30 mil, mas aumentou para R$ 70 mil e Kleiton teria alegado que não está numa situação financeira favorável.

Segundo o jornal Folha de São Paulo, Edu separou-se de Sílvia Abravanel, em 27 de setembro último, depois de cinco anos de matrimônio.

Edu encontra-se atualmente no presídio de Itajaí.

AVISO

Receba gratuitamente notícias da comarca de Biguaçu em seu whatsapp. Clique no link abaixo, adicione nosso número (4898484-7539) e dê um OK.
bit.ly/WhatsJBFoco