Por: Ozias Alves Jr. | 17/04/2018

Hoje (segunda, 16/01), o prefeito de Antônio Carlos, Geraldo Pauli (PMDB), esteve no salão comunitário da comunidade de Egito, interior daquele município. Objetivo: prestar contas à comunidade.

Sim, Geraldo foi no Salão Comunitário daquela localidade junto com seu vice Onélio Richartz (Nelinho), secretários, vereadores e alguns servidores para falar sobre o que fez e não fez e responder as perguntas da comunidade.

Enquanto que o prefeito de Biguaçu, Ramon Wollinger (PSD), simplesmente não responde questionamentos, não informa por que gastou dinheiro em certas obras e projetos, ignora olimpicamente a Lei da Transparência, o prefeito de Antônio Carlos, Geraldo Pauli (PMDB) faz completamente o contrário: é transferente e responde a qualquer questionário referente a investimentos públicos.

OBJETIVOS

“O objetivo do projeto Prefeitura nas Comunidades é melhorar os serviços e políticas públicas por meio do contato direto com os bairros, ouvindo as suas demandas da população, prestar contas das receitas e despesas do município e também discutir e buscar soluções para os problemas das comunidades e, assim, melhorar a atuação do poder público municipal”, informa Daniel Silva, assessor de imprensa da prefeitura de Antônio Carlos.

“Em 2017, a Prefeitura de Antônio Carlos investiu 27,35% dos recursos na educação, mais do que o percentual exigido por lei (25%), e 21,76% na área da saúde, montante também superior ao estabelecido pelo Governo Federal (15%). Entre outros investimentos feitos no ano passado estão a aquisição de veículos e equipamentos, a reforma do telhado do auditório Sophia Mannes Besen e as pavimentações das ruas 4 de Dezembro, em Santa Bárbara, e Matias Petry Junior, no bairro Guiomar”, informa Daniel.

“Pauli destacou a participação registrada na reunião e afirma que o projeto foi um compromisso de governo assumido com as comunidades do município. “Voltamos para ouvir as pessoas. É muito importante que o povo saiba o que o município recebe, onde gasta, e o que possui de recursos para poder investir. A comunidade cobrou as melhorias que são de direito e isso fortalece o poder público, que assume o compromisso de fazer as melhorias, e a comunidade, que sabe a realidade do município”, comenta”, finalizou o assessor.

AVISO        

Receba gratuitamente notícias da comarca de Biguaçu em seu whatsapp. Clique no link abaixo, adicione nosso número (4898484-7539) e dê um OK.

bit.ly/WhatsJBFoco