Por: Ozias Alves Jr. | 01/11/2018

Na noite de sábado para domingo (03 a 04/11), à meia noite, os relógios deverão ser adiantados em uma hora. É o horário de verão que, neste ano, foi transferido por causa das eleições ocorridas no domingo passado (28/10), e seguirá até 16 de fevereiro de 2019.

Além do Distrito Federal, abrange os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Dessa forma, o leste do Amazonas e os estados de Roraima e Rondônia ficam duas horas atrasados em relação ao horário de Brasília, enquanto o oeste do Amazonas e Acre, três horas atrás.

A polêmica adoção do horário de verão, que divide opiniões da população e de especialistas do setor energético, foi utilizada pela primeira vez em 1931 com o intuito de economizar energia, possibilitando o maior aproveitamento do período de luz solar. A medida, que não teve regularidade a partir daí, em 2008 passou a ser permanente.

 

 

AVISO        

Receba gratuitamente notícias da comarca de Biguaçu em seu whatsapp. Clique no link abaixo, adicione nosso número (4898484-7539) e dê um OK.

bit.ly/WhatsJBFoco