Por: Ozias Alves Jr. | 08/09/2018

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina confirmou sentença de 1º instância, do fórum de São José, que condenou pai e filho por duplo homicídio praticado naquele município.

A história começou com uma briga entre os réus e os cidadãos que foram mortos. Era uma festa e eles eram amigos havia mais de 20 anos. Mas acabaram entrando em vias de fato.

Segundo os autos do processo, meses depois, o pai viu os desafetos numa padaria perto de sua casa. O pai entrou na residência e pediu ao filho que lhe entregasse seu “berro”, isto é, sua arma de fogo.

Então, pai e filho, quase que num estilo “Velho Oeste, armados, mandaram bala nos desafetos. Um morreu na hora e outro acabou indo a óbito no hospital dias depois. A esposa de uma das vítima também estava no recinto e quase morreu na chacina.

Para o desembargador Alexandre D´Ivanenko, não ficou a mínima dúvida da materialidade do crime. Para o magistrado, não havia qualquer dúvida sobre quem foram os autores dos crimes. Além disso, não aceitou a tese do advogado dos réus, que alegou que as mortes foram provocadas durante uma briga em legítima defesa.

AVISO
Receba gratuitamente notícias da comarca de Biguaçu em seu whatsapp. Clique no link abaixo, adicione nosso número (4898484-7539) e dê um OK.
bit.ly/WhatsJBFoco