Por: Ozias Alves Jr. | 24/09/2018

Um dos bandidos mais perigosos do Rio Grande do Sul, Rafael de Oliveira Azambuja, vulgo Rafael Seco, 30, foi preso na noite de domingo (23/09) pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) na BR-101 em Biguaçu.

Rafael Seco estava sendo investigado havia mais de um ano e contra ele havia a “bronca” de assaltos a lotéricas e carros-forte. Aliás, contra ela, a polícia reuniu provas contudentes de cinco assaltos, um dos quais, ocorrido em janeiro deste ano, ocasião em que Seco foi um verdadeiro “ator de Hollywood”: colocou bombas falsas na cintura de um vigilante de carro-forte. A polícia nada pode fazer pensando que se tirasse, a bomba explodiria. Mas era um “blefe” de Seco, que “picou a mula”, como se diz na gíria.

 

QUADRILHA

A “casa” começou a cair para Rafael com a prisão de dois de seus comparsas de crise em Gravataí (RS) e Florianópolis (SC) respectivamente, entre maio a agosto deste ano.

Rafael estava foragido desde julho do ano passado desde quando saiu da prisão para o sistema semiaberto. Ele era condenado por roubo a banco em 2011. O que fez Rafael? Literalmente “picou a mula” logo que foi para o semiaberto.

A prisão de Rafael ocorreu por fruto do trabalho dos agentes que o vinham monitorando. Bastou avisar a PRF, que fez seu trabalho de abordar o carro onde estava Rafael. O bandido rendeu-se sem reagir à abordagem.

 

Rafael Oliveira de Azambuja, o Rafael Seco: sua ficha. (Foto Reprodução Polícia Civil RS)

AVISO

Receba gratuitamente notícias da comarca de Biguaçu em seu whatsapp. Clique no link abaixo, adicione nosso número (4898484-7539) e dê um OK.
bit.ly/WhatsJBFoco