Por: Ozias Alves Jr. | 13/04/2018

A notícia nesta sexta-feira 13 (sim, estamos numa sexta-feira 13 de abril) foi o “Terremoto” de 3.6 graus na escala Richter às 9h28 da manhã de hoje. O epicentro foi a 100 quilômetros a leste da Ilha de Santa Catarina.

Segundo as notícias, moradores tanto do norte quando do sul da Ilha de Santa Catarina afirmaram que sentiram tremores em suas casas. Segundo a Defesa Civil, houve relato também de moradores de São João Batista, cidade do vizinho Vale do Rio Tijucas, que também sentiram o “Terremoto”.

De acordo com o Centro de Sismologia da USP (Universidade de São Paulo), o tremor foi captado pelos sensores da instituição mencionada, isto é, o relato dos moradores tanto de Florianópolis quanto de São João Batista não foi “delírio coletivo”. Houve sim o terremoto, mas um tremor que alcançou entre 3 a 3.9 na escala Richter é sentido, mas não provoca danos significativos, a não ser susto principalmente entre populações que não estão acostumadas com tremores de terra.

AVISO        

Receba gratuitamente notícias da comarca de Biguaçu em seu whatsapp. Clique no link abaixo, adicione nosso número (4898484-7539) e dê um OK.

bit.ly/WhatsJBFoco

A QUESTÃO

Houve relato de que o tremor foi sentido por alguns moradores de Biguaçu.  Teve quem afirmou que móveis da prefeitura de Biguaçu “tremeram” por volta das 9h28 da manhã de hoje (sexta, 13/04).

Se ninguém apresentar um vídeo ou uma pessoa de ilibada reputação afirmar categoricamente que realmente sentiu o tremor, essa história tem tudo para ter sido uma “invencionice” para chamar atenção, pois o repórter que aqui escreve esta matéria esteve durante toda a manhã pelo centro de Biguaçu e nada fora do comum foi registrado.

Por volta das 9h30, o repórter esteve na lotérica do seu Nagib, situada próxima à prefeitura de Biguaçu, onde foi pagar contas, e não ouviu ou sentiu algo fora do comum.  Se tivesse havido “móveis que tremeram” na prefeitura de Biguaçu, certamente seria sentido na lotérica próxima ou haveria alguém dizendo que houve “algo estranho”, o que não foi o caso.

Ninguém aqui está afirmando que não houve terremoto, mas procuramos postagens de moradores de Biguaçu e Antônio Carlos que afirmassem terem sido “testemunhas” do tal raro e extraordinário tremor aqui na região e nada foi encontrado, o que deixou uma pulga atrás da orelha. Teria sido um exagero? Pelo jeito, o site que afirmou que o “terremoto” foi sentido também na comarca de Biguaçu faltou com a verdade só para tirar onda nessa história toda.